09 de maio de 2021 Atualizado 19:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Vacinas da Pfizer chegam nesta quinta-feira ao Aeroporto de Viracopos

Brasil receberá 1 milhão de doses nesta quinta-feira, de um total de 100 milhões de doses do imunizante contratadas pelo governo federal

Por Milton Paes

29 abr 2021 às 09:16 • Última atualização 29 abr 2021 às 09:56

O Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas recebe nesta quinta-feira, às 19h, o primeiro lote de 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech comprado pelo Brasil.

O governo federal contratou 100 milhões de doses do imunizante. Em março, em reunião com a farmacêutica, a pasta apresentou a previsão de que até junho seriam entregues 13,5 milhões de doses.

As doses foram produzidas na fábrica da Pfizer em Puurs, na Bélgica. Por conta do curto espaço de tempo e das exigências de armazenamento, o Ministério da Saúde informou que irá distribuir a vacina entre as 27 capitais do País de maneira proporcional e igualitária entre sexta-feira (30) e sábado (1).

Os frascos serão entregues em temperaturas entre -25ºC e -15ºC, cuja conservação pode ser feita apenas durante 14 dias. Após entrar na rede de frio, com temperaturas de armazenamento entre 2ºC e 8ºC, o prazo para aplicação é de cinco dias.

Por essa razão, o Ministério da Saúde informou que enviará duas remessas diferentes. Cada uma delas terá 500 mil doses e será referente às primeira e segunda doses que cada cidadão deverá receber. O intervalo de aplicação entre as doses é de 21 dias.

A vacina da Pfizer/BioNTech foi alvo de recusa e polêmicas dentro do governo federal. Ainda no ano passado, três ofertas formais para venda de 70 milhões de doses foram feitas pela empresa e ficaram sem resposta do Ministério da Saúde.

Publicidade