25 de outubro de 2021 Atualizado 19:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Unicamp vai suspender salário de servidor que não apresentar comprovante de vacinação

Medida é válida para os colaboradores que se recusarem a tomar a dose do imunizante contra a Covid-19

Por Maria Eduarda Gazzetta

30 set 2021 às 15:06 • Última atualização 30 set 2021 às 17:43

A Unicamp (Universidade de Campinas) divulgou uma normativa, nesta quarta-feira (29), que regulamenta a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 dos colaboradores da instituição.

O texto do documento (leia na íntegra aqui) aponta que o servidor que não apresentar o comprovante de vacinação e recusar a dose do imunizante terá o salário suspenso.

Unicamp vai suspender salário de servidor que não apresentar comprovante de vacinação – Foto: Thomaz Marostegan / Unicamp

A universidade informou que a obrigatoriedade tem como objetivo proteger os próprios servidores e trazer segurança ao ambiente de trabalho para o retorno das atividades presenciais.

Desta forma, o colaborador que não comprovar que recebeu a dose da vacina contra a Covid-19 e não apresentar uma justificativa e, além disso, se recusar a tomar a dose, terá o salário suspenso até o cumprimento da exigência.

A normativa diz que o servidor será previamente notificado a respeito da suspensão do pagamento, que ocorrerá a partir da data da notificação.

O texto da normativa ainda traz que todos os servidores da universidade, de todas as carreiras, deverão obrigatoriamente cumprir com o cronograma oficial de vacinação contra o coronavírus e deverão comprovar a vacinação no prazo de cinco dias a contar do momento que receber a dose por meio da apresentação do cartão de vacinação, pelo sistema informatizado da Unicamp.

Publicidade