22 de abril de 2021 Atualizado 21:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Campinas

Rede Mario Gatti será beneficiada com programa de eficiência energética

Mudanças vão gerar para a Prefeitura de Campinas economia anual de cerca de R$ 1,3 milhão nos gastos com energia

Por Milton Paes

08 abr 2021 às 19:01 • Última atualização 08 abr 2021 às 19:02

Com um investimento de R$ 5,2 milhões, a CPFL Paulista vai instalar painéis solares para geração de energia fotovoltaica e substituir 24 mil lâmpadas por modelos de LED nas unidades da Rede Mario Gatti, em Campinas, dentro do Programa CPFL nos Hospitais. O termo de cooperação foi assinado nesta quinta-feira (8), entre a prefeitura e a concessionária.

As mudanças vão gerar uma economia anual para a Prefeitura de Campinas da ordem de R$ 1,3 milhão na tarifa de energia. O programa será instalado nos dois hospitais municipais, Mário Gatti e Ouro Verde, no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) São José, Campo Grande, Carlos Lourenço e Anchieta-Metropolitana.

Termo de cooperação foi assinado nesta quinta-feira – Foto: Carlos Bassan / Prefeitura de Campinas

Os trabalhos começam nessa sexta-feira (9), na UPA São José, com previsão de conclusão em quatro dias. Depois, o serviço será iniciado nas demais unidades.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

“É um projeto importante para a Rede Mário Gatti, especialmente porque, nesse momento da pandemia, os gastos com a área da saúde estão muito grandes, exigindo cada vez mais investimentos dos municípios. A economia com a tarifa de energia vai permitir ampliar a oferta de serviços à população”, disse o prefeito Dário Saadi.

O diretor-presidente da CPFL Paulista, Roberto Sartori, informou que o investimento que vem sendo realizado nos hospitais é parte do compromisso da empresa com a sociedade e que a economia gerada na conta de luz vai permitir a compra de equipamentos e investimentos nas unidades de saúde.

Economia gerada permitirá a compra de equipamentos para a Saúde, entre outros investimentos – Foto: Carlos Bassan / Prefeitura de Campinas

“O programa é importante porque permite a viabilidade financeira dos hospitais com a economia de energia, especialmente nesse momento da pandemia”, disse.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O diretor de Estratégia e Inovação da CPFL Energia, Renato Povia, afirmou que a empresa está investindo neste ano R$ 150 milhões em hospitais, sendo que Campinas receberá R$ 11 milhões, incluindo as ações na Unicamp, além das unidades da Rede Mário Gatti. Os painéis instalados em Campinas geram energia que equivalem ao consumo de 2,5 mil residências.

Publicidade