23 de abril de 2021 Atualizado 09:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Solidariedade

Prefeitura lança campanha ‘Campinas Sem Fome’

Foco é atender famílias em vulnerabilidade social com a doação de alimentos e produtos de higiene pessoal

Por Milton Paes

22 mar 2021 às 13:47 • Última atualização 22 mar 2021 às 14:38

A Prefeitura de Campinas lançou nesta segunda-feira (22) a campanha “Campinas Sem Fome”. O foco é atender famílias em vulnerabilidade social com a doação, por meio de pessoas físicas e empresários, de alimentos e produtos de higiene pessoal.

Segundo a prefeitura, 18 pontos de doação foram instalados e a distribuição aos moradores será feita pelas 145 entidades assistenciais que atuam nos bairros. O lançamento ocorreu durante live do prefeito Dário Saadi (Republicanos) pelas redes sociais.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

A primeira etapa da campanha será a mobilização de doadores. Moradores ou empresas que queiram fazer doações de cestas básicas podem ligar nos números (19) 3746-1063 (Banco de Alimentos); (19) 3735-5400 e (19) 98455-0377 (Sanasa).

Lançamento da campanha foi realizado nesta segunda-feira, em live nas redes sociais – Foto: Fernanda Sunega / Prefeitura de Campinas

As pessoas podem levar suas doações nas sedes das Administrações Regionais, no Banco de Alimentos, na Lagoa do Taquaral, no Bosque dos Jequitibás, e no Mercado de Flores da Ceasa. Há ainda os postos descentralizados da Sanasa e na sede da empresa, na Câmara Municipal, nas subprefeituras e no Paço Municipal.

Quando os doadores não puderem ir a algum posto de doação, a prefeitura fará a retirada na casa ou empresa.

Nos postos de doação, a entrega será drive-thru. Em 10 e 11 de abril ocorrerão os “Dias D” da campanha, com doações drive-thru na prefeitura das 9h às 17h.

Acompanhe a cobertura do LIBERAL sobre Campinas

As famílias que estejam precisando de alimentos devem se cadastrar pelo aplicativo Viva Vida. A partir do cadastro, as entidades parceiras enviarão uma mensagem de texto, via SMS, para que a pessoa cadastrada possa retirar a cesta no local mais próximo da sua casa. Quem tiver dificuldade com o aplicativo pode entrar em contato pelo telefone (19) 3734-2010.

Saadi afirma que a prefeitura vê aumento na vulnerabilidade das famílias desde o início da pandemia. Uma evidência é que, apenas na última semana, 2,8 mil famílias procuraram a prefeitura para atualizar ou fazer inscrição no CadÚnico (Cadastro Único) para programas sociais do governo.

Outras ações
A secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Vandecleya Moro, aponta que em menos de três meses da atual administração cerca de 80 mil famílias já estão sendo beneficiadas com o cartão Nutrir emergencial – programa de segurança alimentar e nutricional da prefeitura no valor de R$ 98,50 para famílias inscritas no CadÚnico.

O número de famílias beneficiadas nesse período atinge 50% a mais do total em todo o ano passado. Além de gêneros alimentícios, o cidadão também pode comprar produtos de higiene pessoal e limpeza.

A prefeitura ainda disponibiliza 230 jantares para pessoas carentes ou em situação de rua no Refeitório da Cidadania, que funciona na Rua Álvares Machado, no Centro de Campinas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O secretário de educação de Campinas, José Tadeu Jorge, disse que a pasta abriu o cadastro para as famílias dos alunos da Rede Municipal de Ensino interessadas em receber cestas básicas e kits de hortifrutigranjeiros. O prazo termina na sexta-feira, (26).

Para isso, os pais ou responsáveis pelo aluno devem entrar em contato com a escola onde o filho estuda, o que pode ser feito de forma presencial, por e-mail ou telefone, para fazer o cadastramento.

Publicidade