22 de outubro de 2021 Atualizado 19:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Prefeitura de Campinas reduz horário do toque de recolher a partir desta quinta-feira

Comércios e serviços considerados essenciais poderão ficar abertos das 4h59 até 21h01

Por Maria Eduarda Gazzetta

01 jul 2021 às 12:00

51271976555_3ab531d7d8_c - Foto: /Prefeitura de Campinas

A Prefeitura de Campinas reduz, a partir desta quinta-feira (1º), o horário do toque de recolher no município. Desta forma, os estabelecimentos considerados essenciais poderão funcionar até as 21h01 e não mais até às 19 horas. A mudança foi publicada na edição de quarta-feira (30), no Diário Oficial da prefeitura.

O novo horário vale por 15 dias, ou seja, até 15 de julho para comércio e serviços como shoppings, restaurantes, padarias, academias de esportes, salão de beleza, atividades religiosas e culturais, entre outras. Além disso, será mantida a ocupação de 40% dos estabelecimentos comerciais.

O prefeito Dário Saadi (Republicanos) informou que todas as decisões da prefeitura são tomadas com base nos dados técnicos, apresentados pela Secretaria de Saúde.

“Campinas tem tido uma condução extremamente responsável da pandemia. O anúncio de medidas mais restritivas ou mais brandas é feito sempre com base nos indicadores precoces, que hoje já são usados como parâmetro para muitas cidades”, disse durante transmissão ao vivo, realizada em 28 de julho.

Saadi reforça que, embora os indicadores precoces estejam melhorando, é importante que a população continue colaborando. “Não é hora de baixar a guarda. É preciso evitar aglomerações e continuar usando máscaras, falta pouco para a gente controlar essa pandemia”, completou.

O decreto também determina toque de recolher de pessoas e veículos em vias públicas no mesmo horário, das 21h01 às 4h59, durante a permanência do município nas fases Emergencial, Vermelha e de Transição do Plano São Paulo.

Publicidade