17 de setembro de 2021 Atualizado 09:30

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Hospital das Clínicas da Unicamp reabre dez leitos de UTI Covid-19

Com a reativação dos leitos, unidade hospitalar em Campinas volta a contar com 40 leitos intensivos para a doença

Por Marina Zanaki

05 jul 2021 às 16:54 • Última atualização 05 jul 2021 às 17:02

O HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp, em Campinas, reabriu nesta segunda-feira (5) dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19 que haviam sido desativados no mês passado. Com isso, o hospital volta a ter 40 vagas intensivas para tratamento de pacientes com coronavírus.

Os leitos haviam sido fechados em 10 de junho, por conta do cancelamento do contrato com uma empresa que fornecia médicos. O HC informou que houve descumprimento de cláusula contratual, mas não detalhou o problema.

Leitos foram reabertos após contratação de empresas – Foto: Hospital das Clínicas Unicamp / Divulgação

A reabertura foi possível pois uma nova empresa, com sede em São Paulo, assumiu com médicos os dez leitos. O HC relatou dificuldades em conseguir encontrar uma nova fornecedora.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Foram pesquisadas no mercado mais de dez empresas, sendo que a maioria não possuía médicos intensivistas disponíveis”, disse o hospital.

A contratação foi garantida pela reitoria da Unicamp e contou com uma força tarefa integrada pela Deas (Diretoria Executiva da Área da Saúde), pela superintendência do HC e pela Funcamp (Fundação de Desenvolvimento da Universidade de Campinas).

Gosta de descontos? Conheça o Club Class, do LIBERAL

Outros custos para manutenção dos leitos, como profissionais de enfermagem e fisioterapia, medicamentos e insumos médico-hospitalares serão garantidos pela Secretaria de Estado da Saúde por 90 dias.

“A reitoria também vem assegurando recursos financeiros destinados à compra de EPIs, medicamentos e insumos e materiais médico-hospitalares”, disse o HC.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

O hospital tem 30 dos 40 leitos de UTI ocupados, todos com pacientes confirmados para a Covid-19. As enfermarias, compostas por 65 leitos clínicos, têm 53 pacientes internados, dos quais 42 testaram positivo para a doença.

Publicidade