10 de maio de 2021 Atualizado 22:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Pandemia

Guarda fecha duas festas clandestinas com 170 pessoas em Campinas

Prefeitura vai aplicar multa de R$ 3.030,88 para os frequentadores e de R$ 6,6 mil para cada um dos organizadores

Por Milton Paes

12 abr 2021 às 10:55 • Última atualização 12 abr 2021 às 14:08

A Guarda Municipal de Campinas desarticulou duas festas clandestinas entre a noite de sexta-feira (9) e a noite de sábado (10) através de denuncias anônimas. No total 170 pessoas foram dispersadas nos dois eventos clandestinos.

Festa em chácara do bairro São Judas Tadeu tinha cerca de 150 participantes – Foto: Divulgação

Na sexta-feira, a operação ocorreu na Chácara Líder, na região do bairro São Judas Tadeu. No local estavam cerca de 150 pessoas, onde a maioria fugiu com a chegada da GM. Mesmo assim, 34 pessoas foram detidas, entre organizadores e frequentadores.

Acompanhe a cobertura do LIBERAL sobre Campinas

A GM apreendeu bebida alcoólica no local. A prefeitura vai aplicar multa de R$ 3.030,88 para os frequentadores e de R$ 6,6 mil para cada um dos organizadores e para o proprietário da chácara.

Os promotores da festa foram conduzidos até a 2ª Delegacia Seccional, onde foi lavrado um termo de ocorrência pelo descumprimento das medidas sanitárias. Eles assinaram termo de compromisso de comparecimento no Juizado Especial Criminal e foram liberados pela autoridade policial.

Cerca de 20 pessoas participavam de festa no Jardim Itaguaçu II – Foto: Guarda Municipal de Campinas / Divulgação

Na noite de sábado, agentes do Grupo de Ações Especiais da guarda de Campinas realizaram uma operação em uma chácara no Jd. Itaguaçu II. No local estavam aproximadamente 20 pessoas. O local foi lacrado por fiscais da Secretaria de Planejamento e Urbanismo de Campinas.

O organizador do evento foi conduzido à 2ª Delegacia Seccional de Campinas, onde foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência por descumprimento de Medida Sanitária com base no artigo 268. O organizador foi multado em pouco mais de R$ 6 mil.

Publicidade