29 de setembro de 2021 Atualizado 00:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Campinas

Força-tarefa em Campinas fecha 32 estabelecimentos e dispersa 1,5 mil pessoas

Ação que aconteceu entre a noite de sábado e madrugada de domingo, visa combater o avanço do coronavírus no município

Por Maria Eduarda Gazzetta

04 jul 2021 às 17:10

Equipes fiscalizaram estabelecimentos comerciais em Campinas - Foto: Carlos Bassan - Prefeitura de Campinas

A Operação Aglomeração Zero, promovida pela força-tarefa da Prefeitura de Campinas, fiscalizou 138 estabelecimentos comerciais e fechou 32 por descumprimento das medidas sanitárias, fundamentais para o combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A ação aconteceu na entre a noite de sábado (3) e durante a madrugada de domingo (4) na cidade. A equipe também dispersou 1.507 pessoas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A força-tarefa, coordenada pela Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, visa dispersar e/ou inibir o agrupamento de pessoas e integra o conjunto de medidas para conter a disseminação do novo coronavírus.

Desde o primeiro dia de julho, a Prefeitura de Campinas reduziu o horário do toque de recolher no município. Os estabelecimentos considerados essenciais podem funcionar das 21h às 5h. O novo horário vale por 15 dias, ou seja, até 15 de julho para comércio e serviços como shoppings, restaurantes, padarias, academias de esportes, salão de beleza, atividades religiosas e culturais, entre outras. Além disso, está mantida a ocupação de 40% dos estabelecimentos comerciais.

Publicidade