25 de junho de 2022 Atualizado 21:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Acidente

Estudante morre em escola de Campinas ao tentar pular rede de vôlei de 1,75m

Estudante foi desafiado por um colega a pular e ao tentar, enroscou o pé na rede e acabou caindo

Por Paula Nacasaki

10 de março de 2022, às 12h54 • Última atualização em 10 de março de 2022, às 14h36

O aluno Renan Gabriel Neves de Almeida, de 13 anos, morreu em uma escola de Campinas nesta quarta-feira (9), ao tentar pular uma rede de vôlei de aproximadamente 1,75m. O caso aconteceu na escola estadual Carlos Lencastre, no Jardim Garcia.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar relatou que às 12h30 o estudante foi desafiado por um colega a pular a rede. Ao tentar, enroscou o pé e acabou caindo.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O Corpo de Bombeiros foi chamado e os socorristas realizaram manobras para tentar reanimar o aluno, mas sem sucesso. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Mário Gatti, mas não resistiu e morreu por volta de 15h. A causa do óbito foi traumatismo craniano.

Um boletim de ocorrência foi registrado no plantão policial de Campinas.

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lamentou o acidente, que aconteceu no intervalo que seguia normalmente no horário previsto.

“No momento da ocorrência, a escola contava com a presença do diretor, de dois vice-diretores, de quatro agentes de organização escolar (inspetores) e de uma mãe do programa Bolsa do Povo, que imediatamente prestaram socorro e acionaram o Samu e os responsáveis pelo estudante”, explicou a secretaria.

“A Pasta ressalta que a unidade escolar está em dia com as normas de segurança e possui AVCB dentro da validade. As aulas da unidade estão suspensas nesta quinta-feira (10). A Seduc-SP e a Diretoria de Ensino Campinas Leste estão à disposição das autoridades e comunidade escolar para prestar esclarecimentos e dar todo o suporte necessário”, finalizou a nota.

Publicidade