16 de abril de 2021 Atualizado 11:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Prefeito

Dário Saadi encaminha plano de metas à Câmara de Campinas

Programa está dividido em três eixos que envolvem qualidade de vida, desenvolvimento econômico e sustentabilidade

Por Milton Paes

30 mar 2021 às 13:45 • Última atualização 30 mar 2021 às 17:29

Eixos foram construídos com o Plano de Governo da atual administração - Foto: Fernanda Sunega - Prefeitura de Campinas

O prefeito Dário Saadi (Republicanos) encaminha nesta terça-feira (30) à Câmara de Campinas, o Programa de Metas para os quatro anos de governo, que prevê um conjunto de 58 ações a serem executadas até 2024.

O programa compatibiliza limites impostos pelas legislações e a realidade orçamentária do Município levando em conta o cenário da pandemia do coronavírus onde todos os esforços estão concentrados em salvar vidas e executar políticas sociais.

Acompanhe a cobertura do LIBERAL sobre Campinas

O programa está dividido em três eixos que envolvem qualidade de vida, desenvolvimento econômico e sustentabilidade com soluções que levarão Campinas a se manter num posicionamento compatível com sua importância regional, estadual e nacional.

Os eixos foram construídos com o Plano de Governo da atual administração e nele estão incluídas algumas das propostas que já são parte dos primeiros 100 dias de governo do prefeito Dário Saadi.

Está no programa a construção do Instituto da Mulher, cuja licitação para a obra já foi aberta e está em fase de análise das propostas apresentadas no certame. Além desse hospital, o prefeito se compromete a implantar o Hospital Municipal Mário Gattinho, o Poupatempo da Saúde, construir novas unidades básicas de saúde e período integral nas escolas de ensino fundamental.

O plano inclui a entrega da reforma do Centro de Convivência, que teve as obras iniciadas, e também a universalização de alta tecnologia como câmeras de reconhecimento facial e drone para monitoramento da cidade.

Para alavancar o desenvolvimento econômico, o programa prevê a criação de incubadoras públicas de empresas, implantação do Parque Tecnológico Municipal, criação da Agência de Planejamento, Desenvolvimento e Mobilidade Urbana, produção habitacional e regularização fundiária. A reforma e revitalização do Mercado Municipal é parte do programa.

Dário propõe implantar em seu governo o reservatório de água bruta, o chamado “Nosso Cantareira”, que dará autonomia de abastecimento de 70 dias o que proporcionará segurança hídrica nos períodos de seca. O projeto está em fase de contratação de estudos de viabilidade e alternativas, além de estudos ambientais e projetos básicos e executivos de sistema adutor e do barramento.

Entre as metas está também a implantação da parceria público-privada para a modernização, expansão, operação e manutenção da infraestrutura da rede pública de iluminação de Campinas. A consulta pública foi aberta nesta terça-feira para que a população possa avaliar e opinar sobre o edital de licitação e o contrato.

A criação de uma incubadora do Agronegócio está prevista para ser implantada na Ceasa e é meta também do governo o fortalecimento das compras públicas voltadas à agricultura familiar.

Um debate público ocorrerá dentro de 30 dias e a cada semestre será publicada a evolução de cada indicador, além da revisão de ações de acordo com o momento, compatibilizando-o com as peças orçamentárias, inclusive o Plano Plurianual de 2022 a 2025.

Publicidade