18 de maio de 2022 Atualizado 15:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Campinas sugere protocolo para retomada de eventos nas cidades que fazem parte da RMC

Sugestões foram feitas com base em proposta formulada pelo Devisa, que foi apresentada às prefeituras da região

Por Marina Zanaki

10 Agosto 2021, às 20h06 • Última atualização 10 Agosto 2021, às 20h07

A Prefeitura de Campinas sugeriu às prefeituras da RMC (Região Metropolitana de Campinas) protocolos para a retomada de eventos sociais e esportes coletivos em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A autorização do Governo de São Paulo passa a valer em 17 de agosto, com a condição que não haja aglomerações.

As sugestões foram feitas com base em proposta formulada pelo Devisa (Departamento de Vigilância Sanitária) para a cidade de Campinas. O modelo foi apresentado às prefeituras antes de ser publicado em decreto.

Secretário Lair Zambon destacou a importância da continuidade de algumas medidas de prevenção à Covid-19 – Foto: Carlos Bassan / Prefeitura de Campinas

Para eventos corporativos e sociais, como formaturas e casamentos, o protocolo prevê controle de entrada, evitar fila e adotar planilha de participantes – as duas últimas medidas para cerimônias corporativas. Nos eventos sociais, as mesas devem ter distância mínima de um metro.

Para esportes coletivos, as torcidas seguem proibidas, inclui vacinação dos participantes, trabalhadores e prestadores de serviços, triagem de sintomas antes do início da atividade, avaliação de contatos, planilha de participantes e uso individual de objetos.

“Este modelo que estamos preparando está longe de ser considerado ‘liberação geral’. São medidas que temos que adotar com parcimônia e deixar claro que este ano o uso de máscara ainda será fundamental, não deveremos tirar”, disse o secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Os protocolos incluem as medidas básicas de proteção sanitária, como uso de máscara, álcool em gel e proibição de aglomerações.

“É uma sugestão que Campinas está fazendo. Entendemos que cada cidade tem autonomia, mas vamos apresentar o modelo às cidades da RMC antes de publicar o decreto. Importante manter as orientações”, disse o prefeito Dário Saadi (Republicanos).

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Americana disse que segue as diretrizes do Plano São Paulo. Hortolândia informou que analisa e em breve vai deliberar sobre o tema. As demais cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) não comentaram sobre as sugestões da Prefeitura de Campinas.

Publicidade