01 de março de 2021 Atualizado 19:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

INCÔMODO CORRIQUEIRO

Vigilância capturou 18 mil escorpiões em Americana durante o ano passado

Número de aracnídeos recolhidos em 2020 é considerável, mas ainda é 10% menor do que as 20 mil capturas registradas no ano de 2019

Por Heitor Carvalho

24 jan 2021 às 08:45

Em todo o ano de 2020, o PVCE (Programa de Vigilância e Controle de Carrapatos e Escorpiões) da Prefeitura de Americana capturou cerca de 18 mil escorpiões na cidade.

A quantidade é grande, mas ainda assim é 10% menor que o recorde alcançado em 2019, quando cerca de 20 mil desses aracnídeos foram capturados.

O número de acidentes envolvendo escorpiões também diminuiu na cidade. Enquanto em 2019 foram registradas 427 ocorrências do tipo, no ano passado o número foi 13% menor: foram 370 acidentes, sendo que nenhum deles resultou em morte.

Animal é alvo frequente de queixas em Americana – Foto: Arquivo / O Liberal

Em 2021, o programa de vigilância informou ao LIBERAL ter registrado 18 acidentes envolvendo escorpiões em Americana até 20 de janeiro.

Uma infestação de escorpiões no condomínio Residencial Jardim dos Lírios, noticiada pelo LIBERAL no final do ano passado, é um exemplo de como esses aracnídeos podem causar problemas.

Segundo moradores, o problema existe desde que o condomínio foi inaugurado em março de 2020 ano pela prefeitura. O local é o lar de trezentas famílias e foi financiado pelo programa Minha Casa Minha Vida.

Na época, a Vigilância Ambiental afirmou que sabe sobre o problema, que o local vem sendo visitado pelas equipes do setor e que equipes da prefeitura notificaram os proprietários de imóveis vizinhos. O problema, no entanto, persiste e existe desde que o condomínio foi inaugurado.

“Está cada dia pior. Tenho um filho de 1 ano e sempre olho o berço à noite para ver se não tem nenhum escorpião. Evito deixar ele ir na grama também, por medo que ele seja picado”, contou a atendente Lenise da Costa, 38 anos, que mora no residencial.

A síndica do conjunto, Katia Regina Garcia Martins, disse que a Secretaria Municipal de Habitação enviou dois técnicos ao local na última quarta-feira. Segundo ela, a pasta ficou de fazer uma força-tarefa na região para conter o problema da infestação de escorpiões e do acúmulo de lixo nas áreas ao redor.

Os escorpiões capturados vivos são encaminhados aos institutos Butantan e Vital Brazil para fabricação de soro. Quem estiver com problemas com esse tipo de animal deve entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) da Prefeitura de Americana pelo telefone 3475-9024.

Publicidade