Vereadores lamentam saída de Chico Sardelli

Deputado estadual do PV não conseguiu a manutenção de seu mandato na Assembleia Legislativa


Em uma sessão com poucos projetos e muitos discursos, os vereadores de Americana tiraram o dia para trocar elogios pelas votações obtidas nas eleições de domingo e para lamentar a não reeleição de Chico Sardelli (PV). As falas de vereadores de diversos partidos chamaram a atenção para o fato de o parlamentar ter ficado a cerca de 4,7 mil votos da reeleição e de a candidata Janaína Paschoal (PSL) ter recebido mais de 20 mil votos americanenses.

Os lamentos em relação à não eleição de Chico se misturaram ao fato de Janaína ter sido muito bem votada na cidade, deixando inclusive o próprio vereador Odir Demarchi (PR), que teve cerca de 13 mil votos para deputado estadual, de fora. Odir, Thiago Brochi e Rafael Macris, do PSDB, Maria Giovana Fortunato (PC do B), que também usou a sessão para agradecer pelos mais de 15 mil votos recebidos, Welington Rezende (PRP), Kim (MDB), Pedro Peol (PV), Vagner Malheiros (PDT) e Luiz da Rodaben (PP) falaram sobre o tema.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Rodaben elencou ações de Chico no município

Rodaben elencou algumas benfeitorias que foram viabilizadas ao longo dos últimos pelo trabalho de Chico Sardelli, e disse que dificilmente a cidade conseguirá emendas parlamentares destinadas por Janaína, apesar dos 20 mil votos.

“É uma questão de reflexão, porque as urnas são soberanas e temos que aceitar. A urna expressa o que a população pensa. Não estou dizendo que vai ser bom ou ruim ela como deputada, mas em contrapartida perdemos um deputado da nossa cidade. Nesse aspecto sou bairrista mesmo, porque essa deputada provavelmente nunca vai passar por Americana. Vai ficar impossível ela atender todas as cidades que teve voto. Queria apenas que a população refletisse sobre”, afirmou o vereador.

Rodaben citou inclusive o fato de Sumaré ter conseguido eleger Dirceu Dalben (PR) para atuar na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). Ele recebeu ao todo mais de 79 mil votos, sendo 58 mil em Sumaré. Só a votação dele em sua própria cidade foi maior que a de Chico Sardelli espalhada por todo Estado. “Sumaré fez a lição de casa”, disse Rodaben.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!