01 de agosto de 2021 Atualizado 19:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Vereador sugere mutirão da vacinação no Monte Verde, em Americana

Gualter Amado diz que moradores da região têm dificuldades para agendamento e deslocamento para vacina

Por Ana Carolina Leal

20 jul 2021 às 19:50

O vereador Gualter Amado (Republicanos) protocolou, na Câmara de Americana, uma indicação em que sugere à prefeitura a realização de um mutirão de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) na região do Monte Verde, localizado no pós-represa.

No documento, o parlamentar argumenta ter sido procurado por moradores da região que relataram dificuldades para fazer o agendamento, bem como para se deslocarem até os locais de vacinação.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“São pessoas em situação de vulnerabilidade e que têm muita dificuldade para o agendamento. Muitos ainda não tomaram a primeira dose, muitos ainda não conseguiram tomar a segunda dose. Estamos pleiteando para que a secretaria de saúde faça um mutirão para contemplar essas famílias  que estão precisando. É uma questão de saúde pública”, afirmou Gualter. A indicação será encaminhada ao Poder Executivo para análise e atendimento.

De acordo com o censo 2020, a região do pós-represa, compreendida pelo Assentamento Milton Santos e Colônia Sobrado Velho, além dos loteamentos Monte Verde, São Joaquim e Recanto das Águas, sendo todas áreas classificadas como zona rural, contava com 1.127 pessoas.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

A Secretaria de Saúde de Americana disse que avaliará junto à Vigilância Epidemiológica e Unidade de Atenção à Saúde, a possibilidade de realizar um mutirão.

“Quanto às dificuldades, a secretaria reconhece que são muitas, considerando a complexidade e a logística envolvida numa campanha de vacinação sem precedentes na história atual. No entanto, todos os esforços estão sendo empreendidos, de forma a levar a vacina a todos os moradores do município que estejam elegíveis para receber o imunizante”, trouxe nota da pasta. 

Publicidade