21 de outubro de 2020 Atualizado 09:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

DAE

Vazamento de água persiste há três dias em Americana

Asfalto foi cortado nas proximidades de rotatória do Carioba na tentativa de encontrar o vazamento

Por Leonardo Oliveira

18 set 2020 às 11:45 • Última atualização 18 set 2020 às 18:05

O LIBERAL esteve no local e flagrou o asfalto ‘cortado’, com uma grande quantidade de água saindo - Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG

Um grande vazamento de água é registrado, pelo menos, desde a última terça-feira (15), próximo a captação de água bruta do DAE (Departamento de Água e Esgoto), de Americana.

O LIBERAL esteve no local na manhã desta terça-feira e flagrou o asfalto ‘cortado’, com uma grande quantidade de água saindo de um buraco aberto. Há ainda diversos pontos no asfalto onde há água saindo.

A situação ainda limitou o tráfego de veículos na região. Parte da rotatória que dá acesso as Avenidas Carioba e Lírio Corrêa foi interditada – é nela em que um buraco foi aberto procurar pela origem do vazamento.

Parte da Avenida Lírio Correa, perto do Rio Piracicaba e ao acesso da Suzano, está interditada por conta do vazamento.

“A situação está bem complicada aqui, não somente na região dos comércios, mas também na parte residencial. Já faz alguns dias que a gente tá sem água e com a via de acesso interditada”, afirmou o dono do Auto Posto Pau Brasil, Felipe Longo.

Em janeiro deste ano, um vazamento de uma adutora foi registrado na mesma rotatória, deixando toda a região do Carioba sem água durante dias.

A reportagem questionou o DAE de Americana sobre o vazamento por volta das 10h desta sexta, mas não houve resposta até a publicação desta reportagem.

Uma coletiva de imprensa foi anunciada pela autarquia na manhã desta sexta para “tratar a respeito da questão da água no município”.

O anúncio ocorre em meio a reclamações, durante toda a semana, de moradores de bairros diversos que relatam estarem sem água há dias.

Em uma postagem na página do jornal no Facebook, moradores de ao menos 22 bairros comentaram estar com problemas no abastecimento.

Os bairros são: Cidade Jardim, São Manoel, Frezzarim, Residencial Jaguari, São Jerônimo, Jardim Ipiranga, Jardim Girassol, Jardim da Paz, Chácara Rodrigues, Jardim Brasília, Zanaga, Jardim Brasil, Mathiensen, Mário Covas, Parque da Liberdade, Parque Universitário, Cordenonsi, Vila Amorim, São Domingos, Parque Novo Mundo e Parque das Nações.

Na terça-feira, reportagem do LIBERAL mostrou que, em meio à pandemia e ao calor recorde dos últimos dias, parte da cidade convivia com as torneiras secas.

Publicidade