22 de maio de 2022 Atualizado 18:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Umidade relativa do ar chega em 14,6% nesta quinta-feira em Americana

Com o índice, município está em Estado de Alerta; população deve ingerir bastante água e não praticar exercícios nos horários mais secos

Por Maria Eduarda Gazzetta

01 Julho 2021, às 17h46

Umidade relativa do ar chegou em 14,6% em Americana - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

A umidade relativa do ar chegou em 14,6% em Americana, nesta quinta-feira (1º). Por conta da baixa umidade do ar, a Defesa Civil do município informa que a cidade está em Estado de Alerta. O recomendado é que a umidade relativa do ar fique acima de 40%.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Isso porque o período do outono e inverno é marcado por temperaturas mais baixas e queda na umidade do ar. Essas condições representam riscos para a saúde da população, principalmente entre quem sofre de problemas respiratórios.

Dores de cabeça, rinites alérgicas, congestionamento e sangramento nasal, garganta seca, sensação de areia nos olhos e ressecamento da pele são alguns sintomas associados a essas condições atmosféricas.

O Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp recomenda, em casos como este, que a população intensifique a ingestão de líquidos, umidificação de ambientes, hidratação da pele e de mucosas (nariz e olhos).

O Centro alerta, também, para os cuidados na exposição direta ao sol, sobretudo em períodos prolongados ou entre o final da manhã e o meio da tarde. A Defesa Civil orienta para que a prática de exercícios seja evitada no período da tarde, quando a queda da umidade é registrada.

Publicidade