Trânsito flui, mas segurança em viaduto preocupa

O elevado tinha duas faixas, uma em cada sentido, e agora conta com duas na direção do Centro e uma para o lado oposto


No primeiro dia útil de funcionamento das três faixas no Viaduto Centenário, em Americana, o trânsito fluiu mesmo no horário de pico, conforme atestou o LIBERAL e pessoas que passaram pelo local. Porém, motoristas relataram temer aumento de acidentes.

Heider Hudson, presidente da Associação dos Condutores Escolares de Americana, disse que teme passar pelo local porque as faixas ficaram muito estreitas.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Viaduto Centenário passou a operar com três faixas

O presidente da câmara, Alfredo Ondas (MDB), apontou que o estreitamento das faixas – agora são duas no sentido bairro-Centro e uma rumo à Avenida Saudade – pode trazer risco para os motociclistas. “É a crônica de uma morte anunciada”, afirmou Ondas.

O comandante dos bombeiros, Bruno Gobbo, disse que até agora não houve aumento de acidentes com vítimas já que a corporação só é chamada quando há feridos.

O elevado tinha duas faixas, uma em cada sentido, e agora conta com duas na direção do Centro e uma para o lado oposto. A prefeitura aponta que a medida foi necessária para destravar o trânsito na Avenida da Saudade, que se intensificou após o Viaduto Amadeu Elias ter se tornado mão única de direção, no dia 12 de outubro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!