Suspeito de roubo morre após queda na Gruta Dainese

Pedreiro de 31 anos teria caído em um buraco durante fuga; ele foi socorrido com vida, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital


Um pedreiro de 31 anos morreu após sofrer uma queda na Gruta Dainese, em Americana, na madrugada desta segunda-feira (6). O homem, identificado como Jederson Pereira de Paula, é suspeito de participar de um assalto a uma confecção no bairro Parque Gramado. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital.

Foto: Divulgação / Gama
Corpo de Bombeiros retirou o homem ainda com vida da gruta

De acordo com o boletim de ocorrência, o corpo foi encontrado às 04h50. A Gama (Guarda Municipal de Americana) foi acionada a comparecer na gruta, onde o Corpo de Bombeiros estava realizando o socorro do homem.

Os guardas relataram que estiveram na gruta horas antes porque dois autores de um roubo entraram na área verde para tentar fugir. Ainda segundo os agentes, o irmão da vítima teria dito que Jederson ligou para ele pedindo socorro, pois havia caído no buraco ao fugir das viaturas policiais.

O caso foi registrado como morte suspeita/morte acidental e será investigado pela Polícia Civil.

O ASSALTO

De acordo com informações prévias da Gama, o assalto na confecção foi cometido por dois homens, que ameaçaram o vigilante e roubaram seu celular. A dupla tentava fugir com fios de cobre e um transformador quando os guardas chegaram. Uma carreta foi utilizada para o transporte dos itens.

Um suspeito foi detido com o celular do vigilante e uma réplica de pistola foi apreendida. Já o segundo envolvido é apontado como a vítima da queda fatal na Gruta Dainese.

Foto: Divulgação / Gama
Transformador da confecção foi colocado em uma carreta para ser transportado
LIBERAL VIRTUAL Acesse agora