15 de maio de 2021 Atualizado 15:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Soma abre inscrições para adolescentes que querem entrar no mercado de trabalho

Inscrições na sede da entidade começam nesta segunda-feira e seguem até a próxima sexta, das 8h às 10h30

Por Heitor Carvalho

25 abr 2021 às 09:34

Nesta segunda-feira (26), o Soma (Serviço de Orientação Multidisciplinar para Adolescentes) de Americana começa o processo de inscrições de adolescentes que desejam participar do programa de capacitação para o mercado de trabalho oferecido pela entidade.

Para participar é preciso comparecer presencialmente à sede do Soma, localizada na Praça dos Expedicionários, 29, na Vila Medon, até a próxima sexta-feira (30), das 8h até 10h30. Também há uma entrada do prédio que fica na Avenida Cillos.

Inscrições devem ser feitas diretamente na sede do Soma – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Estão aptos a participar adolescentes regularmente matriculados no 9º ano do ensino fundamental ou 1º ano do ensino médio, nascidos entre julho de 2005 e março de 2007 e residentes no município de Americana.

Para efetivar a participação no processo, o adolescente deve apresentar uma cópia do RG e CPF, uma declaração da matrícula da escola, constando ano/série e horário em que estuda, além de uma cópia de um comprovante de endereço (água, luz ou telefone) e uma caneta azul.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Também é preciso levar uma comprovação da renda familiar. Os trabalhadores que têm carteira de trabalho registrada devem trazer uma cópia do holerite, enquanto que os trabalhadores sem vínculo empregatício devem trazer declaração constando profissão e renda mensal.

Aposentados, pensionistas ou beneficiários de programa de transferência de renda (Bolsa Família ou BPC) devem trazer cópia do benefício. Os comprovantes de endereço e de renda familiar devem ser referentes a março ou abril de 2021.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

No dia da inscrição é obrigatório o uso de máscara. Serão efetivados apenas os cadastros que tiverem a documentação completa, que tenham sido feitos pessoalmente e no período divulgado pela entidade.

O Soma é uma organização da sociedade civil que capacita e integra adolescentes ao mercado de trabalho, através de parcerias com empresários e outras instituições, como o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Em seus 59 anos de história, a entidade já formou cerca de 13 mil alunos na cidade.

Pandemia
Maria Aparecida Pirassoli Brás Conte, que trabalha como coordenadora pedagógica da entidade, afirmou ao LIBERAL que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) deixou um cenário mais complexo.

“Nesse momento pandêmico, tudo ficou pior. Nós necessitamos, fundamentalmente, das empresas colaboradoras para acolher o nosso adolescente e a pandemia bloqueou isso. No ano passado, nós ficamos meses sem nenhuma contratação”, lamenta.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

A pandemia também causou uma queda na demanda por parte dos adolescentes. Geralmente, segundo a entidade, são recebidas uma média de 900 a 1200 inscrições por ano, enquanto que, no ano passado, foram menos de 800.

“Esse ano percebemos um aumento da procura por informações por parte dos adolescentes, mas ainda é cedo para afirmar que vai haver um aumento da demanda. Só depois que as inscrições começarem que vamos ter uma noção melhor”, afirmou.

Cerveja é quem manda no Papo Fermentado. Confira no blog

No ano passado, todas as turmas do Soma receberam aulas na modalidade de ensino à distância. Em 2021, no entanto, a entidade vai tentar iniciar um modelo híbrido, parte presencial, parte virtual.

Segundo Maria, as inscrições serão presenciais por conta da quantidade de adolescentes que procuram o Soma e também pelas várias documentações que são requeridas para que a avaliação socioeconômica seja realizada. No entanto, os protocolos de biossegurança serão devidamente cumpridos.

No Mundo da Moda: Duda Gazzetta e o nosso guarda-roupa no dia a dia

“Nós vamos ter toda a cautela. Vamos formar turmas de no máximo 15 adolescentes na quadra, que é um lugar aberto, para que eles possam preencher a ficha de inscrição. O uso de máscaras será obrigatório e vamos manter o distanciamento social. Se a demanda for maior que o esperado e começar a gerar aglomeração, vamos estender o prazo de inscrições”, concluiu.

Publicidade