25 de janeiro de 2021 Atualizado 09:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Funcionalismo

Sindicato cobra retorno de cesta básica para servidores afastados em Americana

Situação foi apresentada ao prefeito Chico Sardelli e estará na pauta de reinvindicações do funcionalismo

Por André Rossi

14 jan 2021 às 08:11 • Última atualização 14 jan 2021 às 09:08

A direção do SSPMA (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Americana) reivindica que os servidores afastados por motivo de saúde recebam cesta básica. Desde o segundo mandato do ex-prefeito Omar Najar (MDB), o vale-alimentação fica suspenso nessas situações, segundo o órgão.

O tema foi abordado durante reunião com o prefeito Chico Sardelli (PV) na semana passada. Nesta quarta-feira (13), o advogado do SSPMA, Antonio Duarte Junior, disse ao LIBERAL que mais de uma centena de servidores entraram na Justiça nos últimos anos para cobrar o pagamento do vale-alimentação.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Nós já apresentamos isso para ele [Chico], mas como está sentando ali há pouco tempo, ainda não tive nenhum retorno a respeito sobre qual vai ser a posição do município a partir de agora. Mas, se pudesse evitar os processos, é claro que nos preferimos evitar demandas judiciais desnecessárias”, disse Antonio Duarte.

Na última terça-feira (12), a vereadora Professora Juliana (PT) protocolou um requerimento sobre o caso. Ela questiona a prefeitura sobre quantos funcionários estão afastados por motivo de saúde em cada secretaria, quantos já passaram por perícia e se é possível rever a suspensão das cestas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A assessoria de imprensa da prefeitura disse para a reportagem que o sindicato apresentou diversos pontos durante a reunião, entre eles o fornecimento de cesta básica.

O órgão também informou que prepara a pauta de reinvindicações do funcionalismo. “Acreditamos que o tema será incluído e a pauta, discutida amplamente com a categoria”, traz a nota da prefeitura.

Publicidade