Simulação de acidente alerta para perigo do uso de celular

Cena parecia real, mas foi mais uma edição do simulado realizado anualmente pelo Rotary Clube Americana Integração


Foto: Divulgação
O simulado reproduziu em detalhes uma ocorrência real e incluiu até a morte como personagem na cena

Um acidente de trânsito envolvendo dois carros, uma moto e sete vítimas chamou a atenção neste sábado de manhã de motoristas que passavam pela Avenida Antonio Pinto Duarte, na altura do portal de entrada de Americana. A cena parecia real, mas foi mais uma edição do simulado realizado anualmente pelo Rotary Clube Americana Integração.

Há oito anos a iniciativa “Não faça parte dessa cena” chama atenção da população sobre a importância dos cuidados ao volante. O alcoolismo associado a mortes no trânsito foi o tema abordado nas edições anteriores, mas desta vez o Rotary destacou o uso do celular.

“O celular é hoje a terceira maior causa de mortes no trânsito no país. Então, decidimos atualizar a temática do simulado e trazê-la para a realidade atual. Falar ao telefone enquanto dirige já é perigoso, mas atualmente as pessoas também digitam, o que aumenta ainda mais o risco de acidente”, diz Marcio de Moura, presidente do Rotary.

O simulado reproduziu em detalhes uma ocorrência real e incluiu até a morte como personagem na cena. Segundo Moura, a iniciativa todos os anos tenta reproduzir em detalhes um acidente e com isso atrair ainda mais a atenção de pedestres e motoristas.

Para viabilizar a ação – que aconteceu entre 9h e 11h – o Rotary teve apoio da Prefeitura, Polícia Militar, Policia Civil, Guarda Municipal de Americana (Gama) e Corpo de Bombeiros.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora