Sebrae capacita professores para implantação do JEPP

Técnicos do Sebrae estiveram em Americana para capacitação para implantação do Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos em 3 escolas


Técnicos do Sebrae estiveram em Americana na sexta-feira passada, dia 11, para dar a primeira capacitação a professores da rede municipal de ensino de Americana que, no segundo semestre, implantará o Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) em três unidades escolares. Nesse primeiro treinamento, foram capacitados 40 professores do 1º ao 5º ano e 32 do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Foto: Prefeitura de Americana / Divulgação
Capacitação em Americana foi realizada na última sexta-feira

O projeto, uma iniciativa do vereador Rafael Macris, autor da lei aprovada pela Câmara Municipal, será colocado em prática pela Secretaria de Educação, em conjunto com a Secretaria de Planejamento, por meio da Unidade de Desenvolvimento Econômico. Inicialmente, o curso atenderá 1.900 alunos entre 6 e 14 anos, que cursam do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, do Ciep Prof. Milton Santos (Parque Dom Pedro II), Ciep Prof. Octávio Cesar Borghi (Cidade Jardim) e Caic Prof. Sylvino Chinelatto (Jardim da Paz). De acordo com a Secretaria de Educação, o motivo da escolha dessas escolas é atender regiões que apresentam alta vulnerabilidade social.

JEPP

O curso é destinado a fomentar a educação e a cultura empreendedora. Ele procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gestão da própria vida.

Dessa forma, o curso, aliado a um ambiente propício à aprendizagem, favorece o envolvimento dos jovens estudantes no próprio ato de fazer, pensar e aprender. Por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.

Com jogos, dinâmica de grupo e pesquisas, os estudantes entrarão em contato com temas como culinária, ecologia, sustentabilidade, ações sociais, entre outros, que incutirá noções de cooperação, inovação, ética e cidadania.

“Além de despertar o talento de futuros empreendedores, as aulas contribuirão para a autoconfiança, o espírito de liderança, a capacidade de resolver problemas cotidianos de maneira mais efetiva e a melhora do poder de comunicação dos alunos”, enfatizou o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Guimarães.

As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!