31 de maio de 2020 Atualizado 08:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Especialidades

Saúde de Americana pretende comprar 6,8 mil consultas

Consultas são para atendimentos com ginecologistas e clínicos gerais, numa tentativa de amenizar a fila da rede pública

Por George Aravanis

07 abr 2020 às 11:18 • Última atualização 07 abr 2020 às 12:05

A Secretaria de Saúde de Americana lançou no último sábado uma licitação para comprar 6,8 mil consultas na rede privada. São 4,8 mil atendimentos com ginecologista e 2 mil com clínicos gerais.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

O mesmo processo licitatório também será usado para adquirir 250 cauterizações e 120 colposcopias (exame da vagina e do colo de útero), de acordo com informações da assessoria de imprensa do governo municipal.

A prefeitura publicou no Diário Oficial de sábado o chamamento público para as empresas interessadas. O edital detalhando o assunto será disponibilizado hoje no site da administração municipal. Não há previsão de quando serão iniciados os atendimentos na cidade.

O chamamento não faz parte do programa Saúde Já, que também consiste na compra de consultas na rede particular para tentar acabar com a fila de espera por atendimentos com médicos especialistas.

Edital

No dia 25 de março, a prefeitura disponibilizou um outro edital para credenciar médicos de 19 especialidades para atender pacientes da rede pública. O valor pago por consulta é de R$ 52. O chamamento inclui médicos cardiologistas, oftalmologistas, urologistas, reumatologistas e dermatologistas, por exemplo.

Além da Capa, um podcast do LIBERAL

O alemão Jan Krutzinna, CEO da ChatClass, explicou como o distanciamento social em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) pode abrir espaço para o celular como ferramento aliada da educação, já que em função da quarentena as escolas estão fechadas e, muitas delas, optaram por manter as aulas online. Ouça o episódio:

{{1}}