Rodaben cancela licitação para construção de novo prédio da câmara

Contrato para concessão de terreno no Jardim Terramérica foi assinado em dezembro e câmara utilizaria R$ 10 milhões na construção


O presidente da Câmara de Americana, Luiz da Rodaben (PP), informou ao LIBERAL que o edital de licitação para construção do novo prédio da câmara foi suspenso por conta do novo coronavírus (Covid-19). O objetivo é deixar o recurso disponível para a prefeitura, caso haja necessidade de aplicação no combate a doença.

“Esse dinheiro, R$ 10 milhões, está disponível para o prefeito Omar para que invista na saúde, no nosso município. É o momento de nós, políticos, nos unirmos em prol da sociedade”, disse o presidente.

Desde que assumiu a presidência do Legislativo americanense, Rodaben defende a construção de um prédio próprio para a câmara, que atualmente paga aluguel no imóvel que ocupa.

Foto: Crislaine Fernandes / Prefeitura de Americana
Omar e Rodaben assinaram o contrato de concessão do terreno em dezembro do ano passado

Em dezembro do ano passado, o prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), e o presidente da câmara, Luiz da Rodaben (PP), assinaram o contrato de concessão do terreno localizado na Avenida Padre Oswaldo Vieira de Andrade, no Jardim Terramérica I, onde seria construída a nova sede do Poder Legislativo de Americana.

O terreno tem 13 mil metros quadrados e fica entre as ruas Roberto Jensen, Padre Oswaldo Vieira de Andrade e Avenida Gioconda Cibin. A área seria doada para o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) para a construção de um Fórum trabalhista, mas o órgão desistiu por falta de dinheiro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora