01 de março de 2021 Atualizado 11:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Região de Campinas vai receber mais 52,2 mil doses de Coronavac até quarta-feira

Doses começaram a sair da capital para as regiões do Estado nesta segunda-feira; vacinação de idosos com mais de 90 anos começa no dia 8 de fevereiro

Por Marina Zanaki

01 fev 2021 às 18:45 • Última atualização 04 fev 2021 às 14:38

A distribuição teve início na segunda-feira - Foto: Itamar Aguiar - Palácio Piratini

O DRS (Departamento Regional de Saúde) de Campinas, do qual Americana e região fazem parte, vai receber 52,2 mil novas doses da vacina Coronavac até quarta-feira. Até a publicação desta reportagem, os municípios da RPT (Região do Polo Têxtil) ainda não sabiam quantas doses iriam receber nesta remessa.

A distribuição teve início na segunda-feira. As doses saem do CDL (Centro de Distribuição e Logística), localizado na capital, rumo aos GVE (Grupos de Vigilância Epidemiológica), onde os municípios deverão retirar os respectivos quantitativos.

A divisão das grades é baseada no quantitativo proporcional de vacinas previsto para São Paulo conforme o PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde. O cálculo de distribuição para regiões e cidades tem como referência os públicos-alvo da campanha de vacinação contra a gripe de 2020.

No total, serão enviadas 587 mil doses da vacina do Instituto Butantan, a Coronavac, para completar a imunização de profissionais da saúde e para vacinar idosos a partir de 85 anos em todas as regiões do Estado.

A primeira etapa tem início no dia 8 de fevereiro, com aplicação da primeira dose na população a partir de 90 anos. Na sequência, no dia 15 de fevereiro, começa a imunização dos idosos entre 85 e 89 anos.

“O governo de São Paulo confirma que iniciará a vacinação de idosos com 587 mil doses da vacina do Butantan, e começa a vacinar no próximo dia 8 de fevereiro as pessoas de mais idade no Estado de São Paulo. O envio das doses vai ocorrer até quarta-feira para todas as regiões do Estado, nenhuma ficará sem vacina para os idosos dentro do Programa Estadual de Imunização”, explicou o governador João Doria (PSDB) na coletiva de imprensa desta segunda-feira.

Doria prometeu para “breve” o anúncio de novas etapas de vacinação, contemplando idosos em outras faixas etárias.

“Esperamos na sequência atender de 80 a 84 anos e pessoas acima de 70 anos. Muito em breve anunciaremos essas duas novas etapas de vacinação em São Paulo”, disse o governador.

Com o envio dessas novas doses aos municípios, o total de doses da Coronavac entregues no Estado de São Paulo chega a 1,7 milhão de doses.

Inicialmente, o Programa Estadual de Imunização previa vacinação de todos os idosos com mais de 75 anos a partir do dia 8 de fevereiro. A mudança no calendário ocorreu após o Instituto Butantan e o Ministério da Saúde concretizarem a compra de doses da Coronavac para integrar o Programa Nacional de Imunização.

Publicidade