Recadastramento para vagas em creche começa no dia 16

Pais devem procurar unidade de ensino em Americana ou serão excluídos da fila; em setembro eram 1.791 crianças à espera


O recadastramento da fila de espera por vaga em creches da rede municipal de Americana começa no dia 16 e vai até o dia 25 deste mês. Quem não comparecer à unidade em que fez a inscrição será excluído da fila. A informação é da secretária de Educação, Evelene Ponce Medina. No mês passado, haviam 1.791 crianças à espera, segundo os números oficiais.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Evelene pretende redimensionar demanda

O objetivo do recadastramento é dimensionar a real demanda por uma vaga em creche e descobrir quem de fato ainda tem interesse. É que, segundo a prefeitura, quando os profissionais da Educação chamam os familiares para que a criança ocupe uma vaga aberta, não é raro descobrir que eles desistiram por que pagaram uma creche particular ou mudaram de cidade, por exemplo.

Em alguns casos, porém, a prefeitura sequer consegue contato com a família, por causa de telefones e endereços desatualizados.

Por isso, a demanda pode estar superestimada, e a Secretaria resolveu fazer o recadastramento.
A partir do dia 16, todos que estão na fila para uma vaga terão de procurar a unidade de ensino onde fizeram sua inscrição, das 8 às 16 horas, para confirmar o interesse e atualizar seus dados.

Os responsáveis pela criança devem levar o comprovante de endereço (original e cópia) e comprovante de trabalho da mãe da criança. Deve ser levada à unidade de ensino a carteira de trabalho (original e cópia das páginas da folha de rosto, dados pessoais e último contrato de trabalho); ou declaração de trabalho do empregador; ou, se a mãe for autônoma, a declaração de autônoma registrada em cartório.

Evelene disse que, após o cadastro, as famílias serão enviadas às filas de espera das unidades que ficam na região onde moram. É que, segundo a secretária, hoje existem unidades com filas grandes e outras com espera bem menor.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora