Reajuste do IPTU volta a ser discutido na Câmara de Americana

Matéria idêntica foi rejeitada na semana passada após manobra da oposição


A Prefeitura de Americana reenviou, em regime de urgência, o projeto de lei para reajustar em 4% o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2019. Matéria idêntica foi rejeitada na semana passada após manobra da oposição. O projeto será discutido na tarde desta quinta-feira (8).

O projeto precisava de 10 assinaturas para ser reapresentado, e outras sete para ser colocado em urgência.

A sessão começou por volta das 14h10 e os vereadores da base e da oposição discutiam o projeto nos bastidores. Caso seja aprovado hoje, o projeto volta para segunda discussão na semana que vem. São necessários 10 votos para aprovação.

Após a votação da semana passada, a Prefeitura de Americana já falava que o orçamento do ano que vem seria afetado sem o reajuste do imposto. “A não reposição inflacionária impacta diretamente em investimentos, reajustes de custos e contratos, uma vez que muitos destes passam por reposição inflacionária”, trouxe nota enviada ao LIBERAL na última segunda-feira.

PLACAR DA VOTAÇÃO DO PROJETO NA SEMANA PASSADA:

CONTRÁRIOS AO AUMENTO
Gualter Amado (PRB)
Guilherme Tiosso (Pros)
Maria Giovana (PCdoB)
Marschelo Meche (PSDB)
Padre Sérgio (PT)
Thiago Brochi (PSDB)
Vagner Malheiros (PDT)
Welington Rezende (PRP)

FAVORÁVEIS AO AUMENTO
Juninho Dias (MDB)
Kim (MDB)
Leo da Padaria (PCdoB)
Leco (PDT)
Luiz da Rodaben (PP)
Odir Demarchi (PR)
Otto Kinsui (MDB)
Pedro Peol (PV)
Thiago Martins (PV)

ABSTENÇÃO
Rafael Macris (PSDB)

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!