Reajuste do IPTU em 4% é aprovado pela Câmara

Matéria havia sido rejeitada na última semana e alteração do placar nesta quinta se deu por conta da ausência do vereador Guilherme Tiosso (PROS)


Os vereadores de Americana aprovaram em primeira discussão, por 10 votos a 8, o reajuste de 4% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). A matéria voltou à pauta nesta quinta-feira (8) após ter sido rejeitada na semana passada. A segunda discussão ocorre na semana que vem. A votação ocorreu sem que nenhum vereador discutisse a matéria.

Foto: Arquivo / O Liberal
Ausência de Guilherme Tiosso (PROS) foi determinante para aprovação do projeto

Por ter sido rejeitado na semana passada, o projeto precisava de 10 assinaturas para ser reapresentado e outras sete para ser colocado em urgência. A sessão começou por volta das 14h10 e os vereadores da base e da oposição discutiam o projeto nos bastidores.

Após a votação da semana passada, a Prefeitura de Americana já falava que o orçamento do ano que vem seria afetado sem o reajuste do imposto. A alteração do placar se deu por conta da ausência do vereador Guilherme Tiosso (Pros), que havia votado contrariamente. Ele foi substituído pelo suplente Geraldo Fanalli (PRP), que votou à favor do reajuste.

CONTRÁRIOS AO AUMENTO: Gualter Amado (PRB), Maria Giovana (PCdoB), Marschelo Meche (PSDB), Padre Sérgio (PT), Thiago Brochi (PSDB), Rafael Macris (PSDB), Vagner Malheiros (PDT) e Welington Rezende (PRP).

FAVORÁVEIS AO AUMENTO: Geraldo Fanalli (PRP), Juninho Dias (MDB), Kim (MDB), Leo da Padaria (PCdoB), Judith (PDT), Luiz da Rodaben (PP), Odir Demarchi (PR), Otto Kinsui (MDB), Pedro Peol (PV) e Thiago Martins (PV).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!