21 de Maio de 2020 Atualizado 20:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

FISCALIZAÇÃO

Radares da Avenida Europa e Ivo Macris começam a funcionar na segunda-feira

Limite de velocidade nos dois pontos é de 60 km/h; aparelho instalado na Estrada Ivo Macris notificará os caminhões que tiverem acima de três eixos

Por André Rossi

14 Maio 2020 às 18:08 • Última atualização 14 Maio 2020 às 20:31

Equipamento foi instalado em março na Avenida Europa - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

A Prefeitura de Americana informou nesta quinta-feira (14) que os novos radares da Avenida Europa e da Estrada Ivo Macris começam a funcionar na próxima segunda-feira (18). Os aparelhos foram instalados pela empresa Mobit em março e aguardavam aferição do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) para entrarem em operação.

Na Avenida Europa, o radar está instalado em frente ao número 1.995, no Jardim Lizandra, sentido Santa Bárbara d’Oeste/Americana. A escolha da via se deu por conta de “abusos” de motoristas que trafegam em alta velocidade. Serão multados os motoristas que ultrapassarem os 60 km/h.

Segundo estatísticas do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), foram 13 acidentes na avenida em 2019, um deles com vítima fatal. No dia 2 de outubro, uma costureira de 30 anos morreu após colidir sua motoneta contra um carro no cruzamento das avenidas Europa e São Jerônimo.

Já em 2020, no dia 18 de fevereiro, Douglas Henrique Vieira, 36, morreu atropelado na Avenida Europa, por volta das 20h20, nas proximidades do Tiro de Guerra. Ele foi socorrido, mas não resistiu. O motorista do veículo não foi localizado.

Além do atropelamento com vítima fatal, dados do Infosiga apontam outros sete acidentes nos três primeiros meses deste ano. As estatísticas de abril ainda serão divulgadas.

Na estrada Ivo Macris, o radar está na altura do número 1.080. Além de fiscalizar o excesso de velocidade (60 km/h), o aparelho vai registrar multas para caminhões acima de três eixos, o que é proibido na estrada, de acordo com informações da Utransv (Unidade de Transportes e Sistema Viário).