Proposta para alterar regimento da CM é rejeitada

De acordo com Maria Giovana (PCdoB), a CEI é um instrumento para que a minoria seja respeitada e tenha o direito de investigar


O projeto de resolução para alterar o regimento interno da Câmara de Americana e garantir a participação em CEIs (Comissão Especial de Inquérito) dos vereadores que assinam o termo para abrir as referidas comissões foi rejeitado com dez votos contrários e nove favoráveis.

Foto: Câmara de Americana / Divulgação
De acordo com Maria Giovana (PCdoB), a CEI é um instrumento para que a minoria seja respeitada e tenha o direito de investigar

O texto foi apresentado por um grupo de sete vereadores. Atualmente, a participação não é garantida.

De acordo com Maria Giovana (PCdoB), a CEI é um instrumento para que a minoria seja respeitada e tenha o direito de investigar.

“Não faz sentido ter uma ferramenta como essa que pode ser manipulada e entregue a quem bem entender a presidência da Casa”, criticou a vereadora.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora