02 de março de 2021 Atualizado 00:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Promotor quer acordo para solucionar desabastecimento em Americana

Promotor Ivan Carneiro tenta reunião com a Prefeitura de Americana para tratar do desabastecimento na cidade

Por Leonardo Oliveira

12 fev 2021 às 08:07 • Última atualização 12 fev 2021 às 09:29

O promotor de Justiça de Americana, Ivan Carneiro Castanheiro, vai buscar um acordo judicial para regularizar o abastecimento de água da cidade. No fim do ano passado, o Ministério Público e o Gaema (Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente) de Piracicaba entraram com uma ação na Justiça sobre o tema, que ainda não foi julgada.

Houve uma tentativa, por parte do MP, de buscar uma liminar para que a prefeitura realizasse imediatamente melhorias na pressão da rede de água, a troca de hidrômetros antigos e que colocasse em prática um plano de contingência que envolvia, entre outras coisas, a compra de caminhões-pipa.

A Justiça negou essa liminar. Com isso, pode-se levar anos até que haja uma sentença, o que poderia retardar uma solução para as crises que a cidade tem vivido no abastecimento. Para contornar isso, o promotor tenta se reunir com a nova administração para buscar um acordo judicial.

“O MP, do ponto de vista judicial, já esgotou o que poderia fazer. Entrei com a ação, não foi concedida a liminar, agora o processo vai tramitar. A ideia é negociar isso e fazer um acordo judicial antes de chegar em uma sentença que poderá demorar e isso não vai ao encontro do interesse coletivo”, disse em entrevista ao LIBERAL.

O representante do Ministério Público adiantou que já teve conversas com o secretário de Negócios Jurídicos de Americana, Diego Guidolin, e que aguarda uma data para se reunir com o prefeito Chico Sardelli (PV).

“Ou processo vai até o fim e pode tramitar por anos ou o prefeito poderá ter uma sensibilidade e, até na mesma linha do que foi promessa de campanha, enfrentar essa questão e esse plano de contingência que seria para soluções de situações urgentes, como agora”, acrescenta.

A reportagem questionou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana se há havia uma data para a reunião acontecer, mas não houve resposta até a publicação desta reportagem.

O abastecimento de água de Americana, inclusive, foi um dos principais temas da reunião anual do Gaema de Piracicaba, realizada na última terça-feira, entre os membros do órgãos, dos municípios e da sociedade civil.

No encontro, foram discutidas as ações realizadas no ano passado e definidas as prioridades para o exercício atual. Entre elas estão a prevenção e combate a queimadas, a recuperação florestal de grandes propriedades rurais e a fiscalização sobre a coleta seletiva e a política regional de fauna silvestre, entre outros temas.

Publicidade