Promotor apura supostas irregularidades no DAE

Promotor pediu informações sobre suposta venda de sucata sem o devido processo licitatório e sobre licitação com empresa responsável pela publicidade


Foto: Arquivo / O Liberal
Buonamici solicitou ao Tribunal de Contas do Estado cópia da análise das contas do DAE de 2018

O promotor de Justiça de Americana Sergio Buonamici abriu inquérito para apurar supostas irregularidades no DAE (Departamento de Água e Esgoto) do município.

A investigação é resultado de uma representação formulada por vereadores que integraram a CEI do DAE – a comissão foi encerrada sem conclusão em seu prazo formal, mas depois os parlamentares fizeram um relatório e enviaram ao MP.

O promotor pediu informações para a prefeitura e para o DAE sobre suposta venda de sucata sem o devido processo licitatório e sobre licitação com empresa prestadora de serviços de publicidade de maneira supostamente irregular.

Buonamici ainda solicitou ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) cópia da análise das contas do DAE de 2018. O diretor geral da autarquia, Carlos Zappia, já havia falado sobre a venda de sucata durante a CEI. Disse que estava dando um jeito no lixo encontrado e que não considera ter feito nada irregular. A prefeitura informou ontem que vai responder aos questionamentos do promotor.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora