Projeto sobre segurança viária chega a Americana

Estrutura montada no quilômetro 123 da Rodovia Anhanguera desenvolve ações para conscientizar caminhoneiros e estudantes sobre a segurança no trânsito


Americana recebe nesta quinta-feira (12) o projeto “A Gente Faz a Segurança na Estrada”, com ações para conscientizar os caminhoneiros da região sobre a importância de uma direção segura. Uma carreta e duas tendas ficarão até esta sexta (13) no Auto Posto do Castelo 3, no quilômetro 123 da Rodovia Anhanguera.

Foto: Grupo Cobram/Divulgação
Carreta é equipada com totens que abordam questões de segurança no trânsito

O objetivo é orientar os condutores para redução dos índices de acidentes no País. Serão feitos check-ups completos no caminhão, com aferição da pressão dos pneus, verificação da banda de rodagem e sulcos, análise da condição dos freios, luminosidade dos faróis e as condições das palhetas do limpador de para-brisa.

Já para o motorista, será feita aferição da pressão arterial, distribuição de preservativos e aplicação de vacinas.

Também haverá rodas de conversa sobre segurança viária, conduzidas por observadores credenciados pelo ONSV (Observatório Nacional de Segurança) e por agentes e inspetores da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que levarão para os bate-papos o Cinema Rodoviário.

Estudantes de escolas da região comparecerão ao evento para participar da conversa, podendo interagir com os caminhoneiros para conhecerem mais de perto a profissão. “Queremos descobrir como será o caminhoneiro do futuro e valorizar este profissional que muitas vezes se torna invisível dentro da boleia de um caminhão. Aqui o caminhoneiro deixa de ser o coadjuvante a passa a ser o protagonista dessa discussão”, afirma Alexandre Corte, CEO do Grupo Cobram, empresa de comunicação idealizadora do projeto.

O projeto ainda percorrerá 11.009 quilômetros de estradas brasileiras até o fim de setembro promovendo ações socioeducativas sobre segurança viária para caminhoneiros de 35 cidades em 10 estados, além do Distrito Federal.

A carreta leva a cada parada uma exposição interativa, dividida em 10 “estações”, com textos, fotos, vídeos e atividades interativas com dicas de segurança.

Cada estação irá explorar um tema relevante para a segurança viária, são eles:

1ª Estação: Abertura da exposição com textos sobre números de acidentes no mundo e no Brasil, mostrando o impacto dos acidentes na economia;

2ª Estação: Painel com frases de pára-choque voltadas à segurança;

3ª Estação: Ação interativa feita pelo celular mostrando as principais causas de acidentes no trânsito;

4ª Estação: Painel reflexivo sobre como é perigoso misturar álcool e direção;

5ª Estação: Esse espaço faz uma provocação intensa ao expor fotos de acidentes de trânsito;

6ª Estação: O espaço trabalha com elementos visuais na intenção de mostrar que a escolha da direção perigosa ou defensiva é sempre do condutor;

7ª Estação: Aqui serão expostos itens de segurança e o participante poderá usar um óculos que simulam embriaguez;

8ª Estação: Uma televisão, equipada com fones de ouvido, transmitirá reportagens, dicas e informações sobre direção defensiva e as principais causas de acidentes;

9ª Estação: O participante poderá participar de um quiz sobre temais ligados à segurança viária;

10ª Estação: Haverá uma televisão equipada com fones de ouvido com bate-papos com especialistas e com o José Aurélio Ramalho, Diretor do Observatório Nacional de Segurança Viária.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora