Projeto do CNDI resgata identidade dos idosos

Centro Novo Dia para pessoas Idosas aplicou dinâmicas junto aos participantes para que a história de vida de cada um pudesse ser resgatada


Com o objetivo de resgatar a identidade dos idosos, o Centro Novo Dia para pessoas Idosas (CNDI) de Americana realizou o Projeto Identidade. De janeiro até abril, a terapeuta ocupacional da Unidade, Renata Inês Dechen Canale, aplicou dinâmicas junto aos participantes para que a história de vida de cada um pudesse ser resgatada.

“Fizemos um trabalho especial com cada um deles, resgatando o ‘eu’ de cada um, suas histórias de vida, vivências passadas, estimulando a memória e reflexão dos idosos para que pudessem reencontrar suas identidades, a ressignificação do ser”, explicou a terapeuta.

Foto: Divulgação
Projeto tem como principal objetivo resgatar a identidade dos idosos atendidos no Centro Novo Dia

Por meio de dinâmicas, o processo de reconstrução da identidade foi fazendo parte do dia a dia dos integrantes do CNDI. “Temas simples foram trabalhados com eles como, por exemplo, o que eles gostam ou não de fazer, quais os sentimentos presentes hoje em suas vidas, até o momento da etapa da socialização quando cada um se apresentou e expôs sua história. Foi um momento muito rico, que emocionou a todos”, destacou Renata.

O Projeto Identidade, através do resgate da história de vida e socialização de experiências vivenciadas, contribui para o desenvolvimento da autoestima, autonomia e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, garantindo aquisições aos usuários do serviço conforme objetivos da Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais.

O Centro Novo Dia para Pessoas Idosas, que é vinculado à Secretaria de Ação Social e Desenvolvimento Humano, tem capacidade para atender 30 pessoas idosas e funciona de segunda a sexta-feira, na rua Guerino Gobbo, 499, Jardim Glória.

As informações são da assessoria de comunicação da Prefeitura de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!