Profissionais da Saúde se capacitam sobre epilepsia

Evento ocorreu nas dependências da FAM e contou com a participação de 40 profissionais da Saúde em Americana, entre médicos e enfermeiros


Secretaria Municipal de Saúde de Americana, através da Unidade de Atenção à Saúde, realizou nesta quarta-feira (7) uma capacitação sobre epilepsia para 40 profissionais entre médicos e enfermeiros, na sede da FAM (Faculdade de Americana), com a realização de duas palestras, sendo uma de manhã e outra de tarde.

Foto: Marília Pierre / Prefeitura de Americana
Capacitação sobre epilepsia foi realizada nesta quarta-feira, na sede da FAM

A capacitação foi ministrada pelo médico Li Li Min, neurologista e professor titular do Departamento de Neurologia da Unicamp e pela enfermeira e presidente da Aesp (Assistência à Saúde de Pacientes com Epilepsia), de Campinas, Izilda Sueli Andreolli Mira de Assumpção.

A epilepsia é classificada como uma doença neurológica que pode ser prevenida e controlada por meio de medicações que são administradas nas unidades básicas de saúde. O não tratamento se constitui em risco de morte súbita e a traumatismos, de acordo com o documento do órgão federal.

As causas da epilepsia podem ser genéticas ou adquiridas, sendo que as causas adquiridas constituem a grande maioria e incluem traumatismo craniano, lesões perinatais e infecções encefálicas, entre elas a neurocisticercose e o AVC (Acidente Vascular Cerebral). Em alguns casos, a causa não é identificada.

As informações são da assessoria de comunicação da Prefeitura de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora