06 de junho de 2020 Atualizado 18:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

covid-19

Primeiro paciente com coronavírus de Americana está curado

Empresário, diretor da FAM teve alta na semana passada depois de ficar internado em um hospital particular em São Paulo

Por Marina Zanaki

31 mar 2020 às 17:44 • Última atualização 01 abr 2020 às 17:56

O empresário Gustavo Azzolini, de 41 anos, primeiro paciente de Americana com o novo coronavírus (Covid-19), está curado da doença.

A informação consta em novo boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado no final da tarde desta terça-feira (31) e foi confirmada pelo empresário ao LIBERAL.

Gustavo, que é diretor administrativo da FAM (Faculdade de Americana) foi internado em um hospital particular de São Paulo.

Foto: Arquivo - O Liberal.JPG
Gustavo Azzolini já está curado do coronavírus

Há duas semanas, o empresário procurou atendimento médico em São Paulo, com dores no corpo. A suspeita inicial era de dengue e, depois, de sinusite viral.

Com auxílio de uma tomografia, foi constatado que o pulmão do empresário tinha focos de inflamação.

Por conta desse sinal, característico dos pacientes com coronavírus, ele foi testado para coronavírus em um laboratório particular da capital paulista, com resultado positivo para a doença. Gustavo ficou internado para tratar da inflamação no pulmão e na quarta-feira (25) da semana passada recebeu alta.

Enquanto estava internado, ele deu uma entrevista ao LIBERAL, sobre o diagnóstico e o tratamento da doença. Leia aqui.

{{1}}

CORONAVÍRUS EM AMERICANA

A Prefeitura de Americana divulga diariamente o balanço dos casos suspeitos do novo coronavírus em apuração na cidade. Os dados foram atualizados no final da tarde desta terça-feira (31).

Desde o início da pandemia, em janeiro, são 42 casos suspeitos notificados e 10 descartados. Outros 32, incluindo o paciente que faleceu, aguardam exames. Segundo a prefeitura, o Instituto Adolfo Lutz, responsável pelos exames, tem dado preferência à análise de casos graves.

Veja abaixo os detalhes dos pacientes que estão sob investigação ou já tiveram descartada a infecção pela Covid-19. As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Americana.

DESCARTADOS (10)

Criança do sexo masculino, de 3 anos, moradora do Jardim Girassol, que esteve na China. A suspeita foi notificada no dia 30 de janeiro. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do bairro Jaguari, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 4 de março. Resultado do exame: descartado

Homem, de 26 anos, morador do bairro Nossa Senhora do Carmo, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 28 anos, moradora do bairro Santa Catarina, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do Jardim Thelja, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Resultado do exame: descartado.

Mulher, de 34 anos, moradora do Jardim Alvorada, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Resultado do exame: descartado.

Homem, de 28 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 36 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado.

Mulher, de 42 anos, profissional de saúde de hospital particular. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado.

Homem, de 60 anos, profissional da saúde. A notificação ocorreu no dia 25 de março. Resultado do exame: descartado.

EM INVESTIGAÇÃO (35)

Mulher, de 44 anos, moradora do Jardim São Domingos, que trabalha no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, piloto de avião, de 26 anos, morador da Cidade Jardim, que esteve em aeroportos. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, comerciante, de 52 anos, moradora do bairro Dona Judith, que esteve na 25 de Março, em São Paulo. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo feminino, de 2 anos. A criança esteve no Catar. A suspeita foi notificada no dia 17 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 30 anos, que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu  no dia 17 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 27 anos, que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu no dia 18 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 42 anos. Ela esteve nos Estados Unidos. A notificação ocorreu no dia 19 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo feminino, de 2 anos. Ela teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu no dia 20 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 42 anos. Ela teve contato com um paciente de São Paulo com suspeita de coronavírus. A notificação ocorreu no dia 18 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 35 anos. Ele esteve na Itália. A notificação ocorreu no dia 20 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 72 anos, morador do bairro São Jerônimo. Segundo divulgou a prefeitura nesta segunda-feira (23), ele está internado desde domingo (22) em uma ala isolada no Hospital Municipal, entubado, com quadro estável, porém, inspirando cuidados. A prefeitura não detalhou como ele teria tido contato com um suposto vírus, mas informou que ele tem histórico de doença pulmonar obstrutiva crônica. Ele aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 27 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela aguarda resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo masculino, de 2 anos. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela está internada em um hospital particular e aguarda resultado do exame.

Bebê do sexo feminino, de 4 meses, moradora do bairro Parque Novo Mundo. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela está internada em um hospital particular e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 49 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ela está em isolamento e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 45 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ela está em isolamento e aguarda resultado do exame.

Homem, de 79 anos. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ele está em internado e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 28 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 47 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Homem, de 58 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 36 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 31 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 31 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 55 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Homem, de 42 anos, profissional da saúde. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 24 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 40 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Bebê do sexo feminino, de 1 ano. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em internado em hospital particular e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 38 anos, profissional de saúde. A notificação ocorreu no dia 30 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Recém-nascido, do sexo masculino, de 11 dias. A notificação ocorreu no dia 30 de março. Ele está internado em hospital particular e aguarda resultado do exame.

Homem, de 48 anos. A notificação ocorreu no dia 31 de março. Ele está internado em hospital particular e aguarda resultado do exame.

Homem, de 70 anos. A notificação ocorreu no dia 31 de março. Ele é morador de Americana, está internado em hospital particular em São Paulo e aguarda resultado do exame.

Homem, de 44 anos. O caso foi notificado no dia 27 de março, pela Vigilância Epidemiológica de Sumaré. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Homem, de 35 anos, profissional de saúde. O caso foi notificado no dia 30 de março, pela Vigilância Epidemiológica de Campinas. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Bebê, do sexo feminino, de 1 ano. O caso foi notificado no dia 28 de março, pela Vigilância Epidemiológica de Campinas. Ela está internada em um hospital particular de Campinas e aguarda resultado do exame.

MORTE SUSPEITA (1)

No dia 27 de março, a Prefeitura de Americana divulgou uma morte suspeita por coronavírus. A vítima é um idoso de 64 anos, que estava internado em um hospital particular.

O caso dele já era investigado como suspeita por conta dos sintomas. O paciente teve contato com um caso confirmado da doença atendido na cidade de São Paulo.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, ele começou a ter sintomas no dia 13 de março e procurou por assistência médica do hospital privado no dia 23, quando foi diagnosticado com pneumonia bacteriana.

De acordo com informações divulgadas pela prefeitura, o paciente recebeu prescrição de antibiótico e foi liberado para tratamento em casa.

Após três dias, a febre tinha passado, mas a falta de ar e cansaço continuaram. Com a piora do quadro na madrugada desta sexta, foi internado à 1h30 e encaminhado para UTI com dificuldades respiratórias, mas não resistiu.

De acordo com a prefeitura, o paciente residia em Americana e estava entre os grupos com maior risco da doença, por ter mais de 60 anos, ser cardiopata e diabético.