Presidente de Conselho de Educação se demite

Miriam Kelly Maschietto informou que o órgão estava “sem condições de trabalho”


A professora Miriam Kelly Maschietto pediu demissão do cargo de presidente do Conselho Municipal de Educação de Americana. A decisão foi comunicada aos demais membros durante reunião ocorrida na segunda-feira da semana passada.

Ela informou ontem que o órgão estava “sem condições de trabalho”. “O Conselho não tem suporte e chegou a um ponto em que a gente não conseguia nem fazer reunião. Embora elas ocorram através de convocação, a Secretaria de Educação emperrava a liberação de funcionários para participar”, disse.

Foto: Arquivo / O Liberal
Miriam Kelly Maschietto pediu demissão do cargo

Miriam é professora da rede municipal há 20 anos. Segundo a ex-conselheira, faltou apoio e respeito da prefeitura ao trabalho prestado pelo órgão. “Faltou suporte e o prefeito [Omar Najar – MDB] não nos ouve. Tentamos em várias vezes falar com ele e só conseguimos uma vez. Tenho inúmeros ofícios, protocolados há anos, sem resposta alguma até hoje”.

Miriam também citou a criação de uma comissão paralela ao conselho, formada por diretores de escola. “Essa comissão foi criada para ir contra as decisões que o Conselho tomava em reuniões. Chegaram a pedir que entregássemos estudos que havíamos feito a essa comissão”.

A ex-presidente lembra a atuação do conselho em momentos importantes, como a falta de professores e outras demandas envolvendo a rede municipal. “Em 2017, passei o mês de setembro inteiro correndo as escolas para ver como estava a situação em decorrência das exonerações”.

Questionada sobre a decisão da presidente do conselho, a prefeitura informou em nota que a Secretaria de Educação tem respondido prontamente todas as solicitações do conselho, inclusive com a participação da secretária Evelene Ponce Medina nas reuniões.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!