20 de outubro de 2020 Atualizado 23:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

AMERICANA

Prefeitura de Americana vai retomar mão dupla no Viaduto Amadeu Elias

Alteração tem sido pauta da campanha eleitoral à prefeitura da cidade; mão única era alvo de críticas por parte de moradores e comerciantes

Por André Rossi

18 set 2020 às 14:38 • Última atualização 18 set 2020 às 16:05

Alteração tem sido pauta de campanha de ao menos dois candidatos a prefeito - Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal

A Prefeitura de Americana confirmou nesta sexta-feira (18) que vai retomar a mão dupla no Viaduto Amadeu Elias. A alteração tem sido pauta de campanha de ao menos dois candidatos a prefeito na cidade – Chico Sardelli (PV) e Rafael Macris (PSDB).

A informação foi divulgada inicialmente nas redes sociais, na tarde desta sexta, pelo candidato a prefeito Chico Sardelli (PV), que é apoiado pelo prefeito Omar Najar (MDB).

“Depois de uma conversa com o prefeito Omar Najar, que está sempre sensível às questões populares, ele decidiu e pediu um estudo imediato para reabertura imediata também para reabertura do Viaduto Amadeu Elias”, afirmou Chico.

O anúncio também acontece um dia depois do candidato a prefeito Rafael Macris (PSDB) registrar um plano de governo em cartório, no qual prometia reativar a mão dupla na primeira semana de seu mandato.

Durante a pré-campanha, o tema também era recorrente entre os postulantes a prefeito da cidade.

Pouco depois da confirmação, Rafael foi até o viaduto e gravou um vídeo dizendo que a notícia é uma “vitória para a população”. Porém, reforçou que a mudança veio um dia depois dele registrar suas propostas.

“Obrigado pela sensibilidade prefeito, um dia depois do nosso registro em cartório”, disse Rafael.

Desde o início do ano, lojistas e moradores da região da Avenida Paulista, no bairro Colina, se mobilizam para pressionar pela volta dos dois sentidos no dispositivo viário.

O principal argumento é de que, desde outubro de 2018, quando o Amadeu Elias passou a ter mão única, no sentido Centro-bairro, as vendas nos comércios caíram. 

No início deste mês, o prefeito Omar disse ao LIBERAL que havia pedido novos estudos ao departamento de trânsito para verificar a possibilidade de retornar a mão dupla. Porém, a tendência era de que não houvesse alteração.

“Pela conversa que tivemos com os técnicos, se voltar a ter duas mãos ali, vai ser o caos novamente no Centro da cidade. É difícil você tomar uma decisão dessas, que depois vai criar mais problema no tráfego”, disse o prefeito na oportunidade.

A prefeitura informou nesta sexta-feira que estão sendo acertados os últimos detalhes com a Utransv (Unidade de Transportes e Sistemas Viários). A expectativa é que a mudança seja possível em até 10 dias.

O LIBERAL questionou a prefeitura sobre o resultado dos estudos mencionados no início de setembro pelo prefeito, mas ainda não houve resposta até a publicação desta matéria.

Publicidade