Prefeitura prioriza bairros com maior incidência de dengue

Desde o início do mês, a prefeitura tem realizado nebulização com inseticida nos imóveis da cidade


Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Desde o início do mês, a prefeitura tem realizado nebulização com inseticida nos imóveis da cidade

O bairro com mais casos de dengue em Americana este ano passou a ser o Antonio Zanaga, de acordo com o boletim mais atualizado da Vigilância Epidemiológica. Desde o início de 2019, quem estava na frente era o Jardim América 2, que agora aparece em segundo. Esses dois bairros registraram até agora, 87 e 78 registros, respectivamente.

Outros bairros que aparecem liderando a epidemia são o São Jerônimo (44), Nova Carioba (43) e São Manoel (36). Desde o início do mês, a prefeitura tem realizado nebulização com inseticida nos imóveis. A prefeitura disse que esses bairros estão recebendo a ação e destacou que no Antonio Zanaga o trabalho está sendo concluído.

“Pelo fato de haver infestação em praticamente todos os bairros, os agentes têm priorizado as áreas com maior número de casos, porém atendendo sempre os critérios epidemiológicos do momento.

As nebulizações estão sendo feitas dentro dos prazos considerados para se evitar a transmissão ao mosquito, conforme acompanhamento dos boletins epidemiológicos”, explicou a Secretaria Municipal de Saúde, por meio de nota.

Em Sumaré, a concentração de casos está na região da Área Cura (144 positivos), Maria Antonia (89) e Matão (62). Já em Hortolândia, a região do Santa Clara lidera, com 25 casos. Os dados mais atualizados sobre os bairros da cidade, contudo, são do início de abril. A Prefeitura de Nova Odessa foi procurada, mas não informou as regiões com maior incidência.

FEBRE. Santa Bárbara d’Oeste viu os números de dengue saltarem de 248 para 347 entre segunda e terça-feira, um aumento percentual de 39%. A cidade ainda investiga dois casos de febre amarela. Em Americana, dois pacientes morreram por febre hemorrágica e a doença também é investigada.

Em Santa Bárbara d’Oeste não há nenhuma morte suspeita envolvendo as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, que são a febre amarela urbana, dengue, zika e chikungunya.

Os bairros barbarenses com mais casos positivos de dengue são Planalto do Sol (27), Jardim Europa (24), Cidade Nova (23), Parque Zabani e Centro (18 cada bairro), Vista Alegre, Conjunto Roberto Romano, Vila Linópolis e Jardim Esmeralda (com 10 cada).

Na RPT (Região), há 2.164 casos confirmados, sendo que desses 1.254 são em Americana.

COMO PREVENIR

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!