22 de abril de 2021 Atualizado 23:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Viaduto João Batista

Com dois anos de atraso, prefeitura prevê concluir alça de viaduto em julho

Prevista originalmente para julho de 2019, alça no Viaduto João Baptista Romano deve ser entregue em quatro meses

Por André Rossi

03 mar 2021 às 08:34 • Última atualização 03 mar 2021 às 08:51

A Prefeitura de Americana prevê que as obras de prolongamento da Avenida Bandeirantes, que inclui a alça de acesso ao Viaduto João Batista de Oliveira, serão entregues até julho. Caso confirmado, a entrega da alça ocorrerá com dois anos de atraso.

Durante a gestão do ex-prefeito Omar Najar (MDB), a previsão inicial era de que o dispositivo ficaria pronto em julho de 2019. Porém, a prefeitura justificou que “chuvas não previstas” atrapalharam, assim como dificuldades com o tipo de solo encontrado após as sondagens.

Prevista originalmente para julho de 2019, alça no Viaduto João Baptista Romano deve ser entregue em quatro meses – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Depois, a programação do Executivo colocou como prazo maio de 2020, que também não foi cumprido. A alça do viaduto é uma contrapartida da empresa Caprem.

Segundo o secretário adjunto da Utransv (Unidades de Transportes e Sistemas Viários), Pedro Peol, a empresa  teve “uns imprevistos” ao longo dos últimos anos e pediram para adiar a entrega da obra. A situação foi destravada no início de 2021 pelo governo Chico Sardelli (PV).

“Dentro de alguns dias já está pronta a rampa e eles vão fazer a pavimentação asfáltica porque as guias, as partes de sustentação, já estão todas prontas. Então eu creio que dá pra concluir nesse prazo, sim [julho]”, disse Peol.

O governo Chico prevê um investimento de R$ 1,2 milhão no prolongamento da Avenida Bandeirantes, no trecho entre a Rua Rondônia e o viaduto João Baptista de Oliveira Romano.

Os recursos são provenientes do Fundo Municipal de Trânsito. A intervenção compreende mil metros de extensão e irá melhorar o escoamento de trânsito na região.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Segundo a Sosu (Secretaria de Obras e Serviços Urbanos), a obra segue com a montagem da primeira linha de placas de terra armada para a construção da alça do viaduto. A próxima etapa será a pavimentação.

A Cel Engenharia, responsável pela construção da obra, já executou no local a abertura da pista, demarcação topográfica, lançamentos de galeria de águas pluviais, serviços de terraplanagem, regularização do nível da pista e compactação do solo, guias e sarjetas e passeio público.

Publicidade