Prefeitura de Americana vai trocar 5 mil lâmpadas por LED

Tecnologia LED será implantada ainda em 150 locais da cidade onde não existem as luminária


A Prefeitura de Americana vai trocar as lâmpadas de 5 mil pontos e levar iluminação a outros 150 locais da cidade onde não existem as luminárias. A substituição da iluminação convencional pela tecnologia LED atingirá 16% dos cerca de 30 mil pontos de iluminação do município. O objetivo é aumentar a claridade, principalmente por causa da segurança, e reduzir os gastos com energia na cidade.

Atualmente, a prefeitura desembolsa cerca de 800 mil por mês com a conta da iluminação pública, segundo o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Adriano Camargo Neves.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Substituição atingirá 16% dos pontos do município; na foto, trecho da Rua Georges Moutran, no São Vito

A licitação foi lançada no último sábado, e a previsão de gasto é de R$ 9,9 milhões com o serviço, que deve começar em dezembro. O prazo para as trocas e a expansão é de um ano.

O secretário de Obras e Serviços Urbanos ainda não sabe exatamente qual será a economia, mas a troca anterior de outras cinco mil lâmpadas, concluída este ano, gerou perspectiva de redução de custos de aproximadamente R$ 800 mil por ano. “Vai aumentar a iluminação e vai diminuir o valor”, explica Neves.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

A nova substituição vai abranger bairros como São Vito, São Manoel, Cariobinha, Jaguari, Parque da Liberdade e Gramado. “Foram priorizados locais onde a iluminação está pior”, afirma Neves. “[Essas lâmpadas] Consomem bastante energia, mas não clareiam nada”, afirmou o secretário.

A insegurança causada pela iluminação precária tem sido alvo de várias indicações de vereadores procurados por moradores.

A licitação lançada no sábado prevê a troca, expansão e a destinação final das luminárias existentes atualmente em ruas, avenidas, praças, vielas e becos, por exemplo. A empresa contratada fornecerá todo material e mão de obra.

Os investimentos serão feitos com recursos da CIP (Contribuição sobre Iluminação Pública).

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

Os cerca de 150 postes que não têm energia e passarão a contar com a iluminação são pontos onde a rede foi estendida a pedidos, explica o secretário sobre o tema.

Os envelopes da licitação com as ofertas dos interessados devem ser abertos no dia 26 de novembro. O edital estará disponível na próxima quinta-feira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora