25 de setembro de 2020 Atualizado 14:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

Prefeitura de Americana sobe de nível em classificação do Tesouro Nacional

Índice sobre capacidade de pagamento subiu de “C” para “B”; análise é considerada como um atestado de “bom pagador”

Por André Rossi

14 ago 2020 às 21:03

A Prefeitura de Americana recebeu nesta sexta-feira (14) a classificação “B” em capacidade de pagamento do Tesouro Nacional. O índice é considerado uma espécie de atestado de “bom pagador”, e permite à cidade uma melhor garantia para a obtenção de crédito em financiamentos públicos.

A metodologia do cálculo é composta por três indicadores: endividamento, poupança corrente e índice de liquidez. A análise da capacidade de pagamento apura a situação fiscal dos entes que querem contrair novos empréstimos com garantia da União.

“O intuito é apresentar de forma simples e transparente se um novo endividamento representa risco de crédito para o Tesouro Nacional. Logo, avaliando o grau de solvência, a relação entre receitas e despesa correntes e a situação de caixa, faz-se diagnóstico da saúde fiscal do Estado ou Município”, informou o Tesouro Nacional.

A última avaliação apontava que Americana era nível “C”. A média foi elevada principalmente por causa do índice de liquidez, que recebeu nota “A”. Já os itens relacionados a poupança corrente e endividamento ficaram com “B”.

Segundo o prefeito Omar Najar (MDB), a classificação é um comprovante do avanço que Americana viveu do ponto de vista fiscal e financeiro.

“Essa referência do Governo Federal é um reconhecimento ao nosso trabalho, de responsabilidade, transparência e austeridade; e permitirá que possamos pleitear mais recursos ainda ao município. Essa classificação é fruto de muita luta, e temos de continuar lutando para que ela permaneça”, afirmou Omar.

Publicidade