09 de maio de 2021 Atualizado 19:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Educação

Prefeitura de Americana oficializa fim da Emei Indaiá, no Belvedere

Instituição deixou de funcionar em 2018 e os 79 alunos matriculados passaram a ser atendidos na Emei Paturi

Por Ana Carolina Leal

04 Maio 2021 às 19:04 • Última atualização 04 Maio 2021 às 21:17

A Prefeitura de Americana oficializou nesta terça-feira (4) a extinção da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Indaiá, no bairro Belvedere. O decreto com o fim da unidade foi publicado no Diário Oficial do município. A instituição, no entanto, deixou de funcionar em 2018 e os 79 alunos matriculados passaram a ser atendidos na Emei Paturi.

Emei já estava sem funcionar desde 2018 e prédio vem sendo usado para outros trabalhos – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

A prefeitura informou via assessoria de imprensa que as seis unidades existentes de educação obrigatória, na região onde funcionava a Emei Indaiá, são mais do que suficientes para acolher toda a demanda.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

“Não há falta de vagas nas Emeis, ao contrário, todos os alunos deste segmento têm vaga garantida em todas as regiões da cidade. Nesta área de planejamento verificamos que, desde 2016, a demanda por vagas em creches e Emeis vem diminuindo”, afirmou.

Segundo a prefeitura, há 22 vagas ociosas na Emei Araçari, 36 na Paturi, 30 na Potira e 12 na Manacá.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

No prédio antes ocupado pela Emei Indaiá funciona, atualmente, o Centro de Inclusão “Mãos que Acolhem”, onde são atendidas, por uma equipe profissional multidisciplinar, crianças com dificuldades de aprendizagem matriculadas na rede municipal de ensino. Por ano, são realizados cerca de 7,1 mil atendimentos.

Publicidade