16 de janeiro de 2021 Atualizado 19:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Prefeitura de Americana estuda que protocolo de vacinação seguirá

Administração analisa se seguirá plano estadual e federal para a imunização da população contra a Covid-19

Por André Rossi / Marina Zanaki

05 jan 2021 às 10:17

O prefeito Chico Sardelli (PV) disse que Americana estuda se vai seguir o protocolo estadual ou federal de vacinação. O governador João Doria (PSDB) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vivem uma disputa em relação à campanha, com divergências em relação à data de início da vacinação, imunizante e sobre a obrigatoriedade.

O plano nacional de imunização divulgado em dezembro não prevê nenhuma data para início da campanha. Já o governo de São Paulo garante que terá início em 25 de janeiro, mesmo com atraso na entrega dos resultados e pedido de registro da Coronavac na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

“Trabalhamos (com o Secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira) a respeito da Covid-19, principalmente a respeito das vacinas, qual protocolo vamos seguir. Do governo estadual ou federal, já que existe uma birrinha, uma briga entre os dois governos”, disse Chico.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Como o dr. Danilo é altamente técnico, nos respondeu com propriedade que está tudo sob controle. Ele foi para a secretaria começar a tomar pé da situação e lógico que vamos acompanhar, principalmente a Secretaria de Saúde”.

O prefeito disse que aguarda relatório da Secretaria de Saúde para entender como está a situação, e ressalta que a abertura do hospital de campanha seria emergencial.

Nova Odessa
O prefeito de Nova Odessa, Claudio José Schooder, o Leitinho (PSD), criou dois núcleos para discutir medidas de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). O primeiro, composto por membros da Saúde, discutirá o planejamento para vacinar a população, enquanto que o segundo focará nos desdobramentos da pandemia na Educação.

Publicidade