13 de julho de 2020 Atualizado 22:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

AMERICANA

Prefeitura conclui ampliação do reservatório de água do Parque Novo Mundo

Estrutura atende sete bairros da cidade e passa a ter capacidade para armazenar 5 milhões de litros d’água

Por André Rossi

29 Maio 2020 às 17:32 • Última atualização 29 Maio 2020 às 20:41

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), inaugurou nesta sexta-feira (29) a ampliação do sistema de reservação de água R9, localizado no Parque Novo Mundo. A estrutura atende sete bairros da cidade e agora conta com capacidade para armazenar 5 milhões de litros d’água.

Omar exaltou trabalho do DAE e criticou administrações anteriores – Foto: Susy Coutinho – Prefeitura de Americana

A cerimônia foi realizada sem público, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas foi transmitida pela página da prefeitura no Facebook. Antes da reforma, a capacidade de armazenamento era de 3,5 milhões de litros.

Segundo a prefeitura, tal volume era insuficiente para suprir a demanda dos bairros atendidos pelo R9: Parque Novo Mundo, Jardim São José, Parque Universitário, Jardim Terramérica 1, 2 e 3, além de parte do Jardim Brasília.

Um reservatório com capacidade para 1 milhão de litros foi construído pela MRV Construtora, através de uma medida compensatória. Já a estrutura pré-existente foi reformada pelo DAE (Departamento de Água e Esgoto) com recursos próprios.

De acordo com o superintendente da autarquia, Carlos Cezar Gimenez Zappia, um reservatório de 500 mil litros, que não estava sendo utilizado também foi recuperado. A expectativa é de que a obra resolva os problemas de falta d’água na região.

“Essa região sofria bastante porque não tinha a quantidade necessária para abastecer satisfatoriamente a comunidade ao seu redor. Nós ampliamos e trocamos boa parcela da tubulação, inclusive com novos comandos para funcionar de forma mais adequada. E fizemos a remodelação paisagística da área”, explicou Zappia.

Já o prefeito exaltou o trabalho da autarquia e criticou administrações passadas por conta da falta de investimentos na área. O exemplo do reservatório sem uso foi citado novamente.

“Era uma pena Americana ter essa condição, com um reservatório de 500 mil litros praticamente abandonado. (…) Todas essas administrações passaram e não pensaram no mais importante, que é construção de reservatórios para atender a nossa cidade”, disse Omar.

Mais obras
O DAE trabalha ainda na ampliação de outros quatro reservatórios, que devem ser entregues gradualmente a partir de julho. O R8, no São Roque, terá sua capacidade ampliada em um milhão de litros d’água.

Já o R10, do São Luiz, o CR12, no Jardim Brasil, e o CR23, na Chácara Letônia, serão ampliados em dois milhões e meio de litros.

Além disso, a obra do reservatório de água do Jardim São Luiz já entrou na fase final, segundo o prefeito. Batizada de R10, a estrutura – que terá capacidade de reservação de 2,5 milhões de litros d’água – recebeu sua cobertura no dia 20 de maio.

Podcast Além da Capa
Solidariedade e apoio aos necessitados marcam a luta contra o novo coronavírus (Covid-19) nas periferias da RPT (Região do Polo Têxtil). O LIBERAL visitou moradores do acampamento Roseli Nunes e da favela Zincão, em Americana, e da ocupação Vila Soma, em Sumaré, e observou como eles se unem para enfrentar as dificuldades provocadas pela pandemia. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira recebe o repórter André Rossi, que esteve nas comunidades, para repercutir essa apuração.