Prefeitura começa a multar quem usa faixa de ônibus

O LIBERAL esteve no local e em 20 minutos, flagrou 20 veículos, entre carros e motos, transitando pelas faixas; multa é considerada gravíssima


Motoristas que trafegam na faixa exclusiva de ônibus da Avenida Europa, em Americana, já têm sido multados. A infração é considerada gravíssima e sujeita o condutor a multa de R$ 293,47, sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e apreensão do veículo.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Motoristas que trafegam na faixa exclusiva de ônibus pela Avenida Europa, em Americana, estão sendo multados

O LIBERAL teve acesso a uma autuação emitida pela Gama (Guarda Municipal de Americana) no dia 20 de julho por meio de um talão eletrônico (um smartphone que patrulheiros usam para enviar as infrações para a Unidade de Transportes).

Até recentemente, a avenida, que faz parte do Corredor Metropolitano de Ônibus, estava em obras. As faixas exclusivas de transporte coletivo foram implantadas justamente por causa do corredor, que ainda não está totalmente terminado – faltam obras em Santa Bárbara d’Oeste.

Onilson Crevelaro, inspetor de trânsito da Gama, diz que as multas no local são recentes e que poucas autuações foram emitidas. “Você não fica ali com uma viatura parada. Às vezes acontece de você estar patrulhando ali e acaba trombando com a infração”, diz Crevelaro. “Se parar ali, vai fazer umas 100 em uma hora.”

O LIBERAL foi à avenida no fim da tarde de ontem. Em 20 minutos, 20 veículos, entre carros e motos, transitaram pelas faixas exclusivas. No mesmo período, nenhum ônibus do transporte público passou pelo mesmo trecho.

É justamente pelo baixo fluxo de ônibus que o auxiliar de faturamento Elmo Gonzaga, de 36 anos, acha errado multar na faixa exclusiva. Ele mora na avenida e diz que a faixa é usada com frequência. “Todo mundo passa aí [na faixa exclusiva]”, afirma.

Para fazer o retorno na avenida, obrigatoriamente o motorista terá de trafegar pela faixa exclusiva. O inspetor da Gama, porém, afirma que os guardas observam isso antes de anotar a infração. “O próprio guarda ali já tem esse conhecimento, se o pessoal for fazer um retorno, uma conversão, não tem como [multar].”

NÚMEROS. Nos primeiros sete meses deste ano, Americana registrou 30.630 multas de trânsito, ou 145 por dia. Destas, 10.856 foram emitidas por guardas municipais que trabalham na fiscalização. Outras 19.784 infrações foram flagradas pelos radares, que fiscalizam excesso de velocidade e avanço de semáforo vermelho. Além dos talões manuais, dois guardas usam talões eletrônicos. É um smartphone que envia as autuações automaticamente à Unidade de Transportes. Ao digitar a placa do veículo, o programa instalado no aparelho identifica, por exemplo, se o carro é furtado ou roubado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!