Prefeito recebe chaves do novo CAPS Adulto

Obra em Americana teve investimento de R$ 3.063.406,81 por meio do Banco Interamericano de Desenvolvimento; Estado pagou mobiliário e equipamentos


O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), recebeu nesta terça-feira (15) das mãos de representantes da Secretaria de Estado da Saúde, as chaves do prédio onde funcionará o novo Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Adulto, na Rua Estevão Carlos Vicentini, bairro Dona Rosa. A obra teve investimento de R$ 3.063.406,81 por meio do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Além do espaço físico, o Estado também arcou com o mobiliário e equipamentos do prédio.

Com a entrega nesta terça, o processo de mudança do prédio atual já se inicia nos próximos dias. Em seguida, a equipe da prefeitura deixará o espaço alugado para utilizar o novo local. “É importante dizer que todo o novo prédio foi projetado para ser um Caps e não vai exigir de nós uma adaptação”, destacou o prefeito.

Foto: Marília Pierre / Prefeitura de Americana
Novo Caps foi entregue nesta terça-feira

O secretário da Saúde, Gleberson Miano, ressaltou que, além do benefício pelo novo espaço, tanto ao atendimento quanto ao trabalho dos profissionais, houve também uma grande economia. “Estamos deixando um prédio adaptado em que pagávamos aluguel e passamos a ter a nossa casa. O novo espaço tem as melhores condições para o acolhimento e está em uma região populosa da cidade”, disse.

Segundo a gerente técnica da Rede de Atenção do Estado, representante do Programa Saúde em Ação, Fátima Bombarda, a existência de um espaço adequado reflete muito no resultado final dos atendimentos. “Teremos um bom espaço para refeições, atividades para quem for passar o dia aqui, além de área adequada para atendimentos médicos. O espaço faz parte do processo de um bom atendimento”, disse.

O novo prédio fica em uma área de 610 m² e está pronto para receber a média de 150 pacientes por mês para 500 procedimentos entre atendimentos e atividades. “O Caps Adulto foi o primeiro de Americana e existe desde 2002. Fico muito feliz que, na semana da luta antimanicomial estejamos iniciando uma nova etapa com esse espaço, voltado para o melhor acolhimento”, disse Tadeu Leite, coordenador da Saúde Mental de Americana.

As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!