11 de agosto de 2020 Atualizado 18:13

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

ELEIÇÕES 2020

Pré-candidata, Talitha De Nadai diz não temer rejeição por conta do irmão

Presidente do PSD em Americana, a fisioterapeuta vai disputar um cargo eletivo pela primeira vez

Por André Rossi

02 jul 2020 às 08:09

Pré-candidata a prefeita de Americana, Talitha De Nadai (PSD) disse que não teme rejeição do eleitorado por conta de seu irmão, o ex-prefeito cassado Diego De Nadai (sem partido). Em entrevista ao LIBERAL nesta quarta-feira, ela comentou sobre seus projetos para a cidade e o que a motivou a concorrer.

Fisioterapeuta de formação, Talitha foi voluntária da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e teve os primeiros contatos com o poder público na gestão do irmão. Em 2012, ela assumiu a secretaria de Ação Social e ficou no posto até a cassação de Diego, em 2014.

Desde então, o ex-prefeito acumulou três condenações por improbidade administrativa, todas transitadas em julgado, que o deixam com os direitos políticos suspensos até 2021.

Além disso, em agosto do ano passado, foi condenado criminalmente e ficou inabilitado por cinco anos, não podendo ocupar cargo ou função público até 2025. Ainda cabe recurso.

Talitha de Nadai: “necessidades são as pessoas” – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Talitha comentou que é muito próxima do irmão e sente “orgulho de muitos projetos” que ele fez. Entretanto, reforçou que tem sua própria visão sobre as necessidades da cidade.

“Sim, ele foi cassado por causa de uma revista, por uma questão eleitoral. Ele tem processos? Vários, mas graças a Deus ele não tem nenhum processo por corrupção, nenhum processo de desvio de dinheiro ou enriquecimento ilícito. Isso me dá uma tranquilidade para lidar com essa situação porque você tem como falar o que aconteceu com o Diego esse tempo todo”, explicou Talitha.

Até a semana passada, a pré-candidata trabalhava na secretaria de Governo da Prefeitura de Sumaré. Foi na cidade vizinha que ela teve contato com membros do PSD e iniciou as conversas para concorrer. Ela é a presidente do partido em Americana e vai disputar uma eleição pela primeira vez.

Nesta quarta-feira, Talitha lançou o projeto “Americana da Gente, Uma Cidade com Voz” pelas redes sociais. O objetivo é ouvir e entender o que os moradores querem para a cidade, identificar as principais necessidades e desenvolver propostas de políticas públicas com base nessa demanda.

“Toda administração pública tem que pensar no principal da política, que é a felicidade do ser humano. Eu sou muito voltada para isso e acho que quem realmente sabe as necessidades são as pessoas. Não adianta só um grupo que gosta de política discutir e tomar decisões que vão afetar tanta gente”, disse Talitha.