05 de março de 2021 Atualizado 22:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Polícia encerra festa com 400 pessoas no Werner Plaas

Segundo a corporação, o estabelecimento e os participantes estavam descumprindo as regras do Plano São Paulo

Por Redação

17 jan 2021 às 08:37 • Última atualização 18 jan 2021 às 11:24

Polícia Militar notou o som alto da festa e acionou as demais viaturas para encerrar a festa - Foto: Divulgação - Polícia Militar

A Polícia Militar interrompeu uma festa com cerca de 400 pessoas no Jardim Werner Plaas, em Americana, na noite deste sábado (16). Segundo a corporação, o estabelecimento e os participantes estavam descumprindo as regras do Plano São Paulo.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O evento foi encerrado e o responsável foi qualificado – Foto: Polícia Militar – Divulgação

Em nota, a Polícia Militar informou que estava em patrulhamento pela região, por volta das 21h, quando notou a movimentação de pessoas e veículos, além do som alto na casa de festa Royal Garden, que fica na Rua do Soldador.

Com isso, acionaram os policiais da 1ª Companhia e da Força Tática, que ao entrar no local, constataram aglomeração de pessoas, frequentadores não utilizando máscaras e consumindo bebidas alcóolicas ao som de música eletrônica, animados por DJs.

O evento foi encerrado e o responsável foi qualificado. Um boletim de ocorrência apontando descumprimento do decreto estadual foi registrado pela Polícia Militar e seria encaminhado para a Polícia Civil e prefeitura para medidas administrativas.

“As pessoas devem evitar esse tipo de evento, com aglomeração e outras ações que contrariam as orientações das autoridades de saúde. O momento é de combate a pandemia causada pelo novo coronavírus, e a Polícia Militar está atuante neste sentido. Nossas equipes estão nas ruas diuturnamente cumprindo o seu papel, combatendo a criminalidade e também apoiando na prevenção à medidas contra a Covid-19”, comentou o tenente da Polícia Militar Tiago Augusto Costa e Silva, que comandou a ação.

O LIBERAL chegou a procurar a casa de eventos durante este domingo, mas não houve retorno.

Publicidade