Polícia Civil localiza 227 tijolos da ‘super maconha’

Na operação, um casal foi detido por policiais da CPJ de Americana em Mogi Guaçu, em uma residência onde a droga era armazenada e distribuída


A Polícia Civil de Americana apreendeu 227 tijolos de Skunk, conhecida popularmente como “super maconha”. Ela tem concentração mais alta de THC, o que deixa os efeitos do entorpecente potencializados, se comparados à maconha comum. Na operação, um casal foi detido em Mogi Guaçu, em uma residência onde a droga era armazenada e distribuída. Investigações dos policiais da CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana possibilitaram as prisões.

De acordo com a polícia, as cidades que estão sendo averiguadas têm pessoas suspeitas de manterem conexões com o tráfico de drogas em Americana. Os entorpecentes pesaram 176 quilos e estão avaliados em 250 mil reais.

Foto: Polícia Civil / Divulgação
As drogas foram localizada em Mogi Guaçu por policiais civis de Americana

Segundo informações da polícia, eles chegaram até o casal, uma manicure de 28 anos e um motorista de 35, por meio de investigações. Nesta quinta-feira (1º), os policiais abordaram a dupla dentro do imóvel, localizado na Rua Luiza Spitti de Luiz, no bairro Santa Terezinha em Mogi Guaçu.

Os dois estavam nos fundos da casa trocando as embalagens dos tijolos da droga. Em busca na residência foram localizados outros tijolos do entorpecente. O casal foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa.

O homem foi encaminhado a cadeia de Sumaré e a mulher a a mulher para Monte Mor. A Polícia Civil confirmou que as investigações continuam.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!